Vitória procura técnico Geninho, mas dívida afasta treinador da Toca

e.c. vitória
03.12.2021, 12:47:00
Geninho diz que foi procurado pelo Vitória, mas compromissos e pendência financeira impediram acerto (Foto: Mauro Akin Nassor/ Arquivo CORREIO)

Vitória procura técnico Geninho, mas dívida afasta treinador da Toca

Embora busque novo treinador, clube não descarta permanência de Wagner Lopes

De olho na temporada 2022, o Vitória já iniciou os primeiros contatos para formar a nova comissão técnica. Um dos alvos é Geninho, treinador bem conhecido dos rubro-negros. 

De acordo com apuração do CORREIO, Geninho foi procurado pela diretoria, mas alguns compromissos pessoais e dívidas que o clube possui com o treinador afastam ele da Toca do Leão. 

"Recebi o contato do clube e expliquei que não posso fechar nada agora porque tenho uma série de coisas para resolver e pelo menos até meados de janeiro não posso assumir nenhum compromisso. Recebi outros contatos, até na Série B, e passei a mesma situação", contou Geninho ao CORREIO.

"Todo o mundo sabe que tenho pendências com o Vitória e essas pendências também precisariam ser resolvidas. Mas houve sim o contato e a conversa", continuou o treinador. 

Geninho esteve no comando do Leão entre 2019 e o início de 2020. O treinador foi um dos responsáveis por salvar a equipe do rebaixamento à Série C em 2019. Na temporada seguinte, ele foi demitido do cargo após a pausa nas competições por conta da pandemia. Na ocasião, o auxiliar Bruno Pivetti foi efetivado no cargo.  

Durante entrevista nesta sexta-feira, na Toca do Leão, na qual apresentou o planejamento para 2022, o presidente em exercício, Fábio Mota, explicou que o objetivo é ter a nova comissão técnica trabalhando a partir da primeira semana de janeiro. Assim, evita custos referentes a dezembro. 

Fábio Mota também não descartou a permanência de Wagner Lopes. Segundo ele, o clube vem mantendo contato com o treinador do rebaixamento, mas em "uma nova realidade financeira". 

Enquanto não define o nome do novo comandante, o Vitória segue empenhado na montagem do elenco. A diretoria vem recebendo a ajuda de treinadores que já passaram pelo clube, como Ricardo Silva, que foi finalista da Copa do Brasil em 2010.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas