Vitória vence o Bahia de Feira, mas é eliminado do Baianão

e.c. vitória
16.03.2022, 21:16:00
Vicente disputa a bola com Cassio Santos durante jogo entre Vitória e Bahia de Feira, no Barradão (ARISSON MARINHO / CORREIO)

Vitória vence o Bahia de Feira, mas é eliminado do Baianão

Rubro-negro fica fora das semifinais pela quarta edição seguida do campeonato

O Vitória está eliminado do Campeonato Baiano. Pelo quarto ano consecutivo, o rubro-negro não conseguiu avançar às semifinais do estadual. Na noite desta quarta-feira (16), o time comandado por Dado Cavalcanti até fez o dever de casa e venceu o Bahia de Feira, por 2x1, no Barradão, mas como chegou à última rodada da fase classificatória sem depender apenas das próprias forças, viu o estreante Barcelona de Ilhéus ficar com a única vaga que restava. 

O caçula bateu o Doce Mel por 2x1, no estádio Barbosão, em Cruz das Almas, e confirmou a 4ª colocação. Classificados com antecedência, Jacuipense, Atlético de Alagoinhas e Bahia de Feira terminaram na 1ª, 2ª e 3ª posições, respectivamente. O Vitória encerrou sua participação em 5º lugar, com 13 pontos.

O triunfo diante do Bahia de Feira foi o primeiro do Vitória dentro do Barradão na temporada. O rubro-negro não exibiu nenhum futebol vistoso, mas construiu o placar de virada com gols do zagueiro Alisson Cassiano e do meia Eduardo, ambos com assistências do centroavante Dinei. Eduardo Rosado abriu o marcador para a equipe do interior. 

O Jacuipense enfrentará o Barcelona de Ilhéus e o Atlético de Alagoinhas vai encarar o Bahia de Feira nas semifinais do Campeonato Baiano, que serão disputadas em jogos de ida e volta. Donos das melhores campanhas, o equipe de Riachão do Jacuípe e o Carcará farão o último e decisivo confronto como mandantes. 

O Vitória agora foca as atenções na Copa do Brasil. O rubro-negro disputa a segunda fase do torneio contra o Glória, na próxima quarta0feira (23), às 21h30, no Barradão.

O jogo

A primeira finalização do jogo foi do Vitória. Gabriel Santiago arriscou, mas chutou mal e viu a bola passar por cima do travessão. Pouco tempo depois, Dinei estufou a rede, mas teve o gol anulado, pois a arbitragem sinalizou posição de impedimento. 

Aos 15 minutos, um lance polêmico. Gabriel Santiago invadiu a área, foi derrubado e pediu pênalti, mas a arbitragem não marcou. Depois, o Vitória voltou a chegar com Vicente. De fora da área, ele limpou a marcação, bateu forte e fez a bola passar bem perto da trave.

O Bahia de Feira aproveitou a bola parada e foi eficiente. Aos 33 minutos, Wellisson cobrou escanteio, Lucas Arcanjo saiu mal, Eduardo subiu e, de cabeça, abriu o placar no Barradão: 1x0. Pouco depois, a equipe visitante teve a chance de ampliar. Alex Cazumba chutou de dentro da área, mas a bola desviou em Alisson Cassiano e saiu pela linha de fundo. 

A reação do Vitória passou pelos pés de Jadson. Primeiro, o camisa 10 tocou para Eduardo, que bateu de fora da área e exigiu boa defesa do goleiro Adilson. Depois, o capitão cruzou bola pela direita buscando Dinei. Na área, o centroavante não conseguiu cabecear, mas acabou ajeitando de peito para o meio da área. A bola sobrou para Alisson Cassiano e ele acertou a pontaria. Tudo igual no Barradão: 1x1. No intervalo, jogadores e comissão técnica do Vitória fizeram cobranças à arbitragem.

No recomeço do jogo, o Leão tratou de se impor rapidamente e, logo aos cinco minutos, virou o placar. Eduardo recebeu passe de Dinei e marcou um golaço. Bateu de primeiro e mandou no canto: 2x1. Depois da virada não foram registrados muitos lances perigosos no Barradão. O Bahia de Feira só arriscou contra a meta rubro-negra aos 39 minutos, quando Alex Cazumba cruzou e Rhuann cabeceou.

FICHA TÉCNICA

Vitória 2x1 Bahia de Feira - 9ª rodada do Campeonato Baiano

Vitória: Lucas Arcanjo, Alemão, Alisson Cassiano, Mateus Moraes e Vicente; João Pedro, Eduardo (Alan Santos) e Jadson (Ruan Nascimento); Gabriel Santiago (Alisson Santos), Dinei (Guilherme Queiroz) e Luidy (Roberto). Técnico: Dado Cavalcanti.

Bahia de Feira: Adilson, Wellisson, Eduardo Rosado, Paulo Paraíba, Alberte e Alex Cazumba; Cassio Santos (Bruninho), Victor Salvador e Marcone Pelé (Gustavo Henrique); Caíque (Valdo Chaveirinho) e Deon (Rhuann). Técnico: Flávio Araújo.

Estádio: Barradão
Gol: Eduardo Rosado, aos 33 minutos, e Alisson Cassiano, aos 42, do 1º tempo; Eduardo, aos 5 minutos do 2º tempo
Cartão amarelo: Deon, Eduardo, Jadson, Marcone Pelé, Caíque, João Pedro
Arbitragem: Ricarle Gustavo Gonçalves Batista, auxiliado por Edevan de Oliveira e José Carlos Oliveira dos Santos.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas