Vocalista do Biquíni Cavadão faz cirurgia para retirar tumor maligno

em alta
19.05.2022, 22:02:21
(Foto: Reprodução)

Vocalista do Biquíni Cavadão faz cirurgia para retirar tumor maligno

Bruno Gouveia descobriu doença após perceber que uma 'verruga' crescendo na pálpebra

O vocalista do Biquíni Cavadão, Bruno Gouveia, usou o perfil oficial da banda para informar aos fãs que precisou passar por uma cirurgia para retirar um tumor maligno da sua pálpebra. Ele assegurou que está bem, segue com a agenda de shows, e aproveitou para deixar um alerta a todos.

Em um longo texto no Instagram, ele relembrou como descobriu a doença e seguiu para o tratamento. "Em janeiro, percebi que minha pálpebra estava com uma aparente verruga nascendo. Fui à minha oftalmologista e ela me alertou que poderia ser um tumor "

"Entre idas e vindas, exames para risco cirúrgico, aprovação de uma data compatível com o plano de saúde e minha agenda, bem como percalços familiares que tive, o tempo foi passando. E o tumor crescendo. Benigno ou maligno? Somente a biópsia diria", continuou o vocalista.

Ao longo do texto, Bruno Gouveia disse que o grande dia foi na última quarta-feira (18) e reforçou que deu tudo certo, "mesmo sendo detectado que o tumor era realmente maligno".

 



"Um queratocantoma. Felizmente, a retirada do tumor foi precisa e não requereu mais do que foi necessário. Eu já havia falado em um Story a respeito disso e recebi muita energia positiva de vocês. Obrigado. Volto aos palcos de tapa olho e um pouco mais contido nesta sexta, 20, e sábado, 21", escreveu.

No final da publicação, Bruno Gouveia deixou um alerta para os seguidores do Biquíni Cavadão: "Quanto antes a gente descobre o problema, maiores nossas chances de sairmos bem desta. Seja uma verruga, algo na próstata, caroço na mama... Vamos nos cuidar. Fiquem com Deus".

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas