Volante Jonas deixa técnica de lado e promete raça no Bahia

e.c. bahia
05.04.2021, 18:59:00
Atualizado: 05.04.2021, 19:00:10
Volante pegador, Jonas promete muita raça com a camisa do Bahia (Foto: Antônio Muniz/EC Bahia)

Volante Jonas deixa técnica de lado e promete raça no Bahia

Apresentado, ele lembrou entrada forte em Gilberto e diz que está pronto para estrear

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Se de uma maneira geral o Bahia tem apostado em volantes mais técnicos, que além de marcar conseguem participar da criação das jogadas, em 2021 Jonas vai garantir ao elenco tricolor a cota de volantes "à moda antiga".

Com características de ser um meio-campista 'pegador', o jogador falou pela primeira vez como atleta do Bahia ao ser apresentado na tarde desta segunda-feira (5), na Cidade Tricolor. Jonas explicou que já está adaptado após duas temporadas atuando fora do futebol brasileiro e garantiu que dará muita raça durante a estadia no Esquadrão. 

"Adaptação boa. Mesmo quando você sai e volta, não perde a adaptação do futebol, apenas precisa aprimorar um pouco mais. Eu estou bem adaptado, sei que o futebol hoje é físico, técnica não usa tanto, o futebol hoje no Brasil é mais físico e precisa estar bem fisicamente para estar em alto nível", afirmou ele.

"Vou agregar bastante empenho, raça, comigo não tem bola perdida, vou dar o meu melhor para poder ajudar os meus companheiros a conseguir os triunfos e resultados positivos", continua.

No Bahia, Jonas vai ter uma grande concorrência pela vaga entre os titulares. O meio-campo foi o setor que o Bahia mais contratou na atual temporada. Além dele, Pablo e Matheus Galdezani se juntaram aos remanescentes Patrick, Edson e Ramon. O grupo tem ainda a companhia constante de Raniele, da equipe de transição. Apesar do número elevado, Jonas acredita que a disputa vai fazer bem ao Bahia.

"É sempre bom quando tem grandes jogadores, atletas de qualidade, fica a quela disputa legal. Eu estou preparado, vou buscar o meu espaço para fazer um grande trabalho e conseguir os triunfos", garante.

Regularizado, o jogador já está pronto para estrear com a camisa do Bahia e pode ser a atração do tricolor na partida contra o Manaus, nesta quarta-feira (3), às 21h30, no estádio de Pituaçu, pela segunda fase da Copa do Brasil.

No passado
Durante a apresentação, Jonas lembrou também de um lance envolvendo o atacante Gilberto. Em 2015, quando atuava pelo Vasco, o centroavante foi vítima de uma entrada dura do volante, que defendia o Flamengo. Na época o lance gerou repercussão.

Agora atuando do mesmo lado que o atacante, Jonas garante que o incidente ficou no passado e conta que evoluiu após a experiência fora do futebol brasileiro.

"No futebol a gente evolui. Naquele momento eu tinha acabado de chegar ao Flamengo, com muita vontade, vinha do Sampaio Corrêa, uma excelente equipe do Nordeste, e estava com uma sede de bola, às vezes fazia jogada forte, mas não tinha intenção de machucar ou prejudicar alguém, era sempre na vontade, na raça, para conquistar os resultados positivos. Eu evoluí, quando a gente sai a gente volta diferente, esse foi um lance que já ficou para trás, o Gilberto sabe, na época eu liguei para ele, pedi desculpas. Agora é pensar para frente e conquistar grandes triunfos", finalizou.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas