WhatsApp fora do ar? Usuários relatam que serviço não funciona

tecnologia
14.07.2020, 17:22:58
Atualizado: 14.07.2020, 18:42:51
(Divulgação)

WhatsApp fora do ar? Usuários relatam que serviço não funciona

Ainda não é possível perceber um padrão para o erro

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O WhatsApp está fora do ar e não funciona para alguns usuários na tarde desta terça-feira (14). Os usuários recorreram às redes sociais para reclamar sobre problemas na versão web e móvel. No site DownDetector, o pico de reclamações começou por volta das 16h40.

O serviço parou de funcionar e não envia mensagens, bem como não permite receber recados. Os problemas no WhatsApp hoje começaram na versão Web, que exibia o aviso "Conectando ao WhatsApp". Mas pouco depois o aplicativo para celulares também saiu do ar. Ainda não é possível perceber um padrão para o erro.

De acordo com o mapa do DownDetector, o problema afeta principalmente o Brasil e a Europa.

Usuários relataram nas redes sociais que o serviço desconectou sozinho no computador e não carrega o QR Code para fazer login novamente. Já no app para celular, ao enviar uma mensagem, o recado fica com o símbolo do relógio ao lado, indicando que o texto não foi enviado.

Segundo o site TechTudo, a assessoria do WhatsApp no Brasil afirmou que o app já está trabalhando para resolver o problema. "Estamos cientes de que algumas pessoas estão tendo problemas para enviar mensagens e estamos trabalhando para restaurar o WhatsApp para todos o mais rápido possível", diz a nota do mensageiro.

No Google Trends, ferramenta que monitora as buscas na Internet, também houve um aumento para as pesquisas relacionadas à queda no WhatsApp. Na última hora, a plataforma registrou um crescimento nas buscas por "WhatsApp fora do ar 2020", "instabilidade WhatsApp", WhatsApp Web fora do ar" e "WhatsApp parou", entre outros.

Durante o período de queda do WhatsApp, o Telegram, mensageiro russo, chegou a entrar nos Trends do Twitter com mais de 83,9 mil tuítes. Muitas pessoas brincaram dizendo que iriam migrar para o app rival. Da mesma forma, o WhatsApp também foi destaque na rede social, que chegou a registrar mais de 502 mil tuítes sobre a falha. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas