Workshop explicará como planejar sucessão em empresas formadas por familiares

salvador
10.07.2020, 19:42:00
Atualizado: 10.07.2020, 19:42:54
Indira Domingues comandará o workshop virtual (Foto: Divulgação)

Workshop explicará como planejar sucessão em empresas formadas por familiares

Palestra virtual é gratuita e será dada pela advogada Indira Domingues

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Informações sobre transferência de bens, como testamentos, inventários, partilhas e doações, estão, cada vez mais, sendo buscadas pelos brasileiros. O assunto, que antes era protelado, ficou em alta com a pandemia do novo coronavírus - e o medo da morte em decorrência da doença.

De olho nesse tema, um workshop virtual gratuito explicará sobre o planejamento de sucessão em empresas formadas por familiares. O projeto, organizado pelo Centro das Indústrias do Estado da Bahia (CIEB), vai acontecer no dia 15 de julho, às 19h. A palestra será dada por Indira Domingues, advogada e sócia do escritório Legado Consultoria, com Eduardo de Sá da Costa, diretor comercial da empresa Aramita Industrial, como convidado. Para participar, é preciso acessar o Sympla.

"Muitas vezes, empresas familiares desconhecem como é a sucessão e o que vão enfrentar quando um dos responsáveis morre. Naturalmente, existem várias dificuldades quando alguém falece, mas, no caso dessas empresas, são enfrentadoa outros problemas, que muitas pessoas não sabem. Não a toa, 95% desses grupos não chega a terceira geração, com os netos. Vamos falar como é possível organizar e preparar a família e o próprio negócio para esse momento, além de quais as soluções", adianta Indira

De acordo com a especialista, é perceptível o aumento no contato por orientações sobre como organizar testamentos e transmitir o patrimônio para as futuras gerações. "As preocupações mais frequentes orbitam em torno dos custos e despesas do processo de inventário, que são bastante altos, e também em relação à mudança da administração, quando o falecido respondia pela gestão da empresa familiar, que fica sem ter quem a represente", disse.

Segundo Indira, o planejamento sucessório é uma ferramenta voltada para reduzir o pagamento de tributos. "Cuidar da sucessão familiar protege e acolhe a família no momento em que ela está mais fragilizada, antecipando a resolução dos potenciais entraves jurídicos e financeiros que podem surgir nesse processo".

Esse planejamento pode ser feito por meio de testamentos, doações em vida e criação de holdings que reúnem o patrimônio em uma única empresa para transferência após a morte. De acordo com Indira, a primeira opção é a menos indicada durante a pandemia, já que exige que um tabelião leia em voz alta o documento - e, com o isolamento social, o atendimento presencial não é aconselhável, principalmente pois os envolvidos estão, geralmente, no grupo de risco.

Para a especialista, o mais indicado seria a doação em vida, mais eficiente do ponto de vista fiscal, já que reduz a tributação e pode esvaziar o inventário, nos limites da lei. Ainda segundo Indira, um dos principais objetivos para planejar a sucessão é evitar brigas na família. Mas também ajuda a organizar e definir o futuro da administração de empresas familiares, para manter a prosperidade dos negócios.

Serviço
Evento: Workshop Desvendando a sucessão em Empresas Familiares com Holdings e Patrimoniais Familiares
Data: 15 de julho
Local: Sympla (online)
Horário: 19h
Preço: Gratuito

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas