Barra tem ato em defesa do Sesi e do Senai; teatro pode ser fechado

Na Bahia, o Senai será obrigado a fechar seis das 17 unidades de formação profissional, e cortar 6.200 matrículas gratuitas

Publicado em 4 de outubro de 2015 às 08:34

- Atualizado há 10 meses

O  Sistema Fieb promove hoje, a partir das 10h, uma manifestação no Farol da Barra em defesa do Sesi e do Senai, entidades que podem perder 30% dos seus recursos, de acordo com as medidas de ajuste fiscal do governo federal, anunciadas no dia 14 de setembro.

A programação conta com uma apresentação da Orquestra Sesi/Neojiba e atividades educativas. Haverá, ainda, torneios de robótica e a exposição de projetos desenvolvidos pelo Senai, como o ExpoMundo e o Theoprax.

Funcionários, alunos, parceiros e trabalhadores da indústria alegam que as novas medidas do governo Dilma Rousseff podem inviabilizar serviços realizados pelas duas entidades. Na Bahia, o Senai será obrigado a fechar seis das 17 unidades de formação profissional, cancelar investimentos em 12 escolas no interior e cortar 6.200 matrículas gratuitas por ano em cursos técnicos e de qualificação profissional.

Já o Sesi reduzirá em 20% as matrículas do curso de ensino médio articulado com educação profissional, não abrirá novas quatro mil vagas do ensino médio, desativará o Programa Educação do Trabalhador e fechará o Teatro do Sesi, no Rio Vermelho.