Mulher de 40 anos morre cinco dias após ser agredida em casa em Paripe

Suspeito pelo crime é ex-companheiro da vítima

Publicado em 28 de fevereiro de 2016 às 18:39

- Atualizado há 10 meses

Uma mulher de de 40 anos morreu no Hospital do Subúrbio cinco dias depois de ser agredida em Paripe. Elenilda da Silva Santos sofreu várias lesões na cabeça depois de ser vítima de espancamento no último dia 22. Ela deu entrada no hospital por volta das 4h da madrugada.

Por volta das 23h30 deste sábado (27), Elenilda morreu no Hospital do Subúrbio. A polícia ainda não sabe se ela foi agredida somente com golpes manuais ou se foi usado algum instrumento. 

Segundo o posto policial da unidade, o suspeito pelo crime, que aconteceu na Rua Iguaraci, na casa da vítima, é o ex-companheiro dela, identificado somente como Rogério. Não há informação sobre se o suspeito chegou a ser detido.

Outros crimesNeste domingo, a Central de Polícia registrou dois homicídios na Região Metropolitana de Salvador. Joilson dos Santos Aquino, 28, foi morto com três tiros na cabeça no início da tarde de hoje na Rua Principal do Tarandi, em Candeias.

Em Dias D'Ávila, um homem de identidade ignorada foi morto com tiros na cabeça e no braço na Avenida Catarina Paraguaçu, em Vila Petrópolis, por volta das 14h. Autoria e motivação seguem sob investigação.