Passarela atingida por caçamba vai ser substituída

Equipamento vai ser substituído por um novo, segundo Seman

Publicado em 1 de setembro de 2017 às 12:37

- Atualizado há 10 meses

A passarela que foi atingida por uma caçamba durante a madrugada desta sexta-feira (1º), na Avenida Carybé, vai ser substituída por uma nova. O equipamento fica entre os bairros de Stella Maris e São Cristovão.

Segundo o secretário municipal de Manutenção (Seman), Marcílio Bastos, inicialmente, será instalado um novo piso na passarela já existente e depois, haverá a troca do equipamento. Cerca de 5 mil pessoas usam a passarela, segundo a Seman. Piso e cobertura da passarela foram removidos para evitar que a estrutura caísse (Foto: Divulgação/Seman) A estrutura da passarela sofreu uma torção na parte metálica, mas isso não vai impedir a colocação do piso, explica o secretário. "A gente percebeu uma pequena torção nela. E os engenheiros estão avaliando como vai ser colocado esse piso provisório. Posteriormente, var ser colocada uma passarela provisória no local, para que esse equipamento seja substituído", explicou.

No impacto, um módulo da passarela foi atingida pela caçamba, mas foi necessária a remoção do piso e da cobertura de nove módulos, porque todas as peças são interligadas, segundo Bastos. Cerca de 26 metros do equipamento foram afetados.

As peças que foram mais danificadas pela batida já foram removidas pela CCR Metrô Bahia. Engenheiros da Codesal, CCR Metrô Bahia e Seman fizeram uma vistoria no equipamento, e um laudo vai ser emitido detalhando a situação da estrutura. 

"A gente vê que apesar do impacto, a passarela resistiu muito bem e não tombou, como aconteceu com a caçamba. É um modelo de passarela muito mais resistente", avalia o secretário. 

Em nota, a CCR Metrô Bahia informou que os reparos e a reimplantação do piso já estão sendo realizados no equipamento. "A previsão é que neste sábado (2) o fluxo de pedestres seja restabelecido na passarela. Por enquanto, a travessia pode ser feita em segurança pelo viaduto Mário Andreazza", completa a nota.

Batida Uma parte do piso da passarela caiu depois que uma caçamba bateu no equipamento por volta das 4h. Com o impacto, o basculante da caçamba caiu na pista, que ficou interditada. O veículo foi removido por volta das 6h.

A passarela permanece interditada para a travessia de pedestres. Não há outra alternativa para que os pedestres possam atravessar as duas faixas da Avenida Carybé. De acordo com o secretário Marcílio Bastos, está se buscando alternativas para que os moradores possam fazer a travessia.  O basculante da caçamba caiu após o impacto com a passarela