Ser sustentável está ao alcance de todas as empresas. Veja o que fazer

Engajar funcionários, estimular o uso de meios de transportes alternativos e reciclar o lixo são atitudes baratas e eficientes

Publicado em 24 de setembro de 2017 às 05:52

- Atualizado há 10 meses

Veja exemplo de ações que empresas - de qualquer setor ou tamanho - podem tomar para serem sustentáveis

· Engajamento dos funcionários

Sustentabilidade começa em casa. Pouco adianta adotar medidas externas se, internamente, não se pratica a sustentabilidade. A gestão das pessoas envolvidas dentro de um negócio também é fundamental. As equipes precisam ser conscientizadas acerca da importância do tema dentro da empresa e devem ser estimuladas ao engajamento pela causa.

· Garantia dos direitos humanos

As empresas devem apoiar e respeitar a proteção de direitos humanos reconhecidos internacionalmente e assegurar-se de sua não participação em violações destes direitos. Eliminar todas as formas de trabalho forçado ou compulsório, abolir o trabalho infantil e a discriminação são alguns exemplos.

· Responsabilidade ambiental

Desenvolver iniciativas para promover maior responsabilidade ambiental e incentivar o desenvolvimento e difusão de tecnologias ambientalmente amigáveis (energia solar, eólica, biodigestores, compostagem, etc).

· Parceiros conscientes

Buscar fornecedores e parceiros que também tenham uma filosofia sustentável é muito importante. Às vezes é mais simples o empreendedor incentivar os fornecedores a também se preocupar com a sustentabilidade do que buscar novos parceiros que já tenham essa prática internamente.

· Poupe os recursos naturais

Consumir os recursos naturais de maneira consciente, sem comprometer as comunidades próximas ao negócio, é essencial para qualquer empresa. Além de diminuir custos, essa prática ajuda o meio ambiente. É possível traçar políticas de redução de água e energia, eliminar o desperdício de alimentos e diminuir as emissões de gases do efeito estufa.

· Incentive os transportes alternativos

Andar a pé, de bicicleta, de ônibus, metrô ou pegar carona melhora tanto a relação com o meio ambiente quanto com seu bolso. A construção de um bicicletário, difusão de aplicativos de caronas e contribuição com vale transporte incentiva seus funcionários a utilizar outros meios, diminuindo o tempo perdido no trânsito, os gastos e a poluição. Também é possível oferecer folga ao empregado que não utilizar o carro de passeio para ir ao trabalho.

· Encontre soluções criativas para os resíduos

A adoção da coleta seletiva é uma atitude simples e de baixo investimento, que é capaz de evitar a sobrecarga dos aterros e promover a reciclagem. Busque entender melhor aquilo que você descarta a fim de aproveitá-lo da melhor forma. É possível agregar valor a alguns de seus resíduos e propor uma utilização mais eficaz e criativa do que um simples descarte. As sobras de alimentos podem passar por compostagem, por exemplo, e virar adubo para o jardim.

· Evite o desperdício de papel

Imprima somente aquilo que é necessário. Hoje em dia, muitos documentos podem ser registrados digitalmente. Uma política de baixo uso de papel levará os funcionários a repensarem o uso da impressora, um grande passo para a sustentabilidade – uma vez que o papel é proveniente do corte de árvores - e para a saúde financeira da empresa.

· Adote uma caneca ou squeeze

Trocar o copinho plástico por uma caneca ou squeeze (garrafinha) é outra medida simples de ser adotada, mas que resulta em benefícios para o meio ambiente e as finanças da empresa. Se você utiliza, por exemplo, três copinhos diariamente, vai economizar 700 unidades ao longo de um ano. Sem falar que esse produto costuma derivar do petróleo, um combustível fóssil.