Bahia Farm Show deve movimentar mais de R$ 7,9 bilhões; feira começa na terça (6)

Número de empresas participantes aumentou 25%, diz organização

  • D
  • Da Redação

Publicado em 4 de junho de 2023 às 07:44

- Atualizado há 10 meses

. Crédito: Divulgação

A expectativa da organização da Bahia Farm Show é de que a feira movimente mais de R$ 7,9 bilhões em 2023, ultrapassando a marca do ano passado. O evento será realizado entre terça e sábado (6 e 10 de junho), na cidade de Luís Eduardo Magalhães, no oeste baiano.

Trabalhando com o tema “O agro sem fronteiras”, a organização da feira chega à 17ª edição do evento com o objetivo se consolidação em outros países.

Neste ano, o evento passou por uma ampliação em infraestrutura do complexo. O aumento foi 11%, saindo de uma área de 191 mil metros quadrados para 215 mil metros quadrados. O espaço deve receber mais de 100 mil visitantes ao longo dos cinco dias. Inclusive, voos e hospedagens estão lotados.

A ampliação também passa para o número de empresas participantes, que segundo a organização da Bahia Farm Show aumentou em 25%. Ao todo, 420 empresas expositoras de vários setores do agronegócio estarão presentes.

As super máquinas agrícolas e o aporte de tecnologia empregado nos equipamentos são os destaques do evento. Algumas das mais caras, destinadas à cotonicultura, estão avaliadas entre R$ 5 milhões e R$ 8 milhões.

Na edição deste ano, a entrada dos visitantes será automatizada e a feira terá transmissão ao vivo. Além disso, o evento terá mais um restaurante e um espaço destinado às crianças, visando tornar o evento um local de integração entre os negócios, lazer e família.

História A feira nasceu com o nome “Festa da Colheita”, com exposição de produtos agrícolas da região, na praça central de Luís Eduardo Magalhães. O objetivo inicial era colocar o oeste da Bahia no radar de grandes empresas, produtores e empreendedores das mais diversas áreas.

Em 2004, o evento passou a usar a marca “Agrishow”, que durou quatro anos. Já em 2008, o evento se consolidou com o nome “Bahia Farm Show” e atingiu a meta principal de mostrar ao Brasil as oportunidades que a região oferece, fomentar ainda mais as boas práticas entre os produtores rurais e revelar a face sustentável social, ambiental e econômica da agricultura praticada no cerrado baiano.

Entre 2008 e este ano, a área ocupada pelo evento cresceu 27,9%, passando de 60 mil para os atuais 215 mil metros quadrados. O número de visitantes dos 26 mil já ultrapassou 101 mil, em 2022. Em 2008, o volume de negócios fechados foi de R$ 250 milhões. Já na edição 2022 atingiu a marca histórica de R$ 7,9 bilhões.