Professoras municipais estão entre vítimas de acidente em Vitória da Conquista

O acidente aconteceu na manha de quarta-feira, no Km-317 da BA-262

Publicado em 25 de fevereiro de 2016 às 17:53

- Atualizado há 10 meses

Duas professoras da rede municipal da cidade de Guajeru, no centro-sul da Bahia, estão entre as vítimas do acidente que deixou quatro mortos na cidade de Vitória da Conquista, na manhã de quarta-feira (24).

Marinalva Viana Cangussu, 37 anos, era professora e coordenadora do PACTO em Guajeru; Lucineide Pereira Garcia Aguiar, 42, era professora. Além delas, outro funcionário da Secretaria de Educação, o motorista Jesuíno Antônio Pereira, 54, também veio a óbito. A quarta vítima, que estava no outro veículo, foi Marcelo Bertoso, 39.

Em nota, a Secretaria Municipal de Educação lamentou o ocorrido. Como homenagem póstuma, foram de decretados três dias de luto oficial. "Neste momento de dor e sofrimento, nos solidarizamos com todos os familiares e amigos pelo fatídico acontecimento", diz o comunicado.(Foto: Blog do Anderson)O acidente aconteceu por volta das 8h de quarta-feira, no Km-317 da BA-262. Um Astra e um Uno, onde estavam os funcionários de Guajeru, bateram transversalmente. As circunstâncias do acidente ainda não foram totalmente esclarecidas.

Confira a nota na íntegra:É com imenso pesar que o Governo de Guajeru, por meio da Secretaria Municipal de Educação, lamenta a morte dos funcionários: Marinalva Viana Cangussu (Professora e Coordenadora do PACTO em Guajeru), Jesuíno Antônio Pereira (Motorista) e Lucineide Pereira Garcia Aguiar (Professora), ocorrida na manhã desta quarta-feira (24) em virtude de um acidente de automóvel na BA-262, próximo a Vitória da Conquista, sob circunstâncias ainda não divulgadas pela Polícia Rodoviária Estadual.

Neste momento de dor e sofrimento, nos solidarizamos com todos os familiares e amigos pelo fatídico acontecimento que acarretou na perda de três profissionais de extrema competência, abalando a todos os guajeruenses e deixando uma cidade em luto. Assim decreta luto oficial de três dias.