Brasil estreia nesta quinta no Pré-Olímpico de Handebol Masculino

É a última chance de a seleção carimbar a vaga nos Jogos de Paris

  • Foto do(a) author(a) Agência Brasil
  • Agência Brasil

Publicado em 13 de março de 2024 às 21:09

null Crédito: Gaspar Nóbrega/COB

A seleção brasileira de handebol estreia nesta quinta-feira (13) no Pré-olímpico masculino, a última competição que distribui vagas da modalidade em  Paris 2024. A partir das 17h (horário de Brasília), a equipe enfrenta a Eslovênia, em Granollers, na região da Catalunha (Espanha). Na sequência, medirá forças contra o Bahrein, na sexta (15), e contra a anfitriã Espanha, terceira colocada no Mundial de 2023, no domingo (17). 

O Pré-Olímpico de handebol reúne ao todo 12 times divididos em três grupos, que competem em locais diferentes na Europa. Os dois melhores em cada chave carimbam o passaporte para Paris. O grupo 2 (Alemanha. Croácia, Áustria e Argélia) disputará o torneio em Hannover (Alemanha), e a chave 3 (Portugal, Noruega e Tunísia), em Tatabanya (Hungria).

Notícias relacionadas:Brasil bate Argentina e conquista o Sul-Centro Americano de Handebol.Remo: brasileiros buscam vagas para Paris 2024 em Pré-Olímpico no Rio.Paris abrigará tocha olímpica em 14 de julho, feriado da Bastilha.Há menos de dois meses, a equipe comandada por Marcus Tatá faturou o Torneio Sul-Centro Americano, em Buenos Aires (Argentina), que reuniu Uruguai, Chile, Paraguai e Costa Rica, além da Argentina. A conquista valeu vaga no Mundial de 2025, na Noruega, Croácia e Dinamarca.

As partidas do Brasil no Pré-Olímpico  serão disputadas no Palau d'Esports de Granollers, arena com capacidade para 6.500 torcedores, que foi palco das finais do handebol na Olimpíada de Barcelona (1992).  

A seleção luta para carimbar sua terceira participação consecutiva em Olimpíadas, e a sétima na história. Para competir na última edição (Tóquio 2020), o país conquistou a vaga ao terminar em segundo lugar no quadrangular do Pré-Olímpico, atrás apenas da Noruega. A chave tinha ainda Coreia do Sul e Chile.

A seleção feminina de handebol já está garantida em Paris. As brasileiras carimbaram a vaga com a conquista do heptacampeonato no Pan de Santiago (Chile), no ano passado.