Nova espécie de peixe é descoberta perto de uma das ilhas mais distantes da costa brasileira

A pesquisa sobre a fauna em Trindade começou em 1995

  • Foto do(a) author(a) Estadão
  • Estadão

Publicado em 4 de agosto de 2023 às 15:25

Nova espécie de peixe foi descoberta
Nova espécie de peixe foi descoberta Crédito: Ufes/Reprodução

Pesquisadores da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e de outras universidades descobriram uma nova espécie de peixe nas imediações da Ilha da Trindade, situada a mais de mil quilômetros da costa brasileira. Trata-se de uma nova espécie do gênero Acyrtus, conhecido popularmente como peixe-ventosa, registrado como Acyrtus simon.

O nome é uma homenagem a Thiony Simon, doutor em biologia animal pela Ufes, que morreu durante um mergulho quando fazia pós-doutorado. A descoberta foi divulgada no fim de julho.

A equipe responsável por identificar a nova espécie é formada por pesquisadores do Centro de Biologia Marinha da Universidade de São Paulo (USP), do Laboratório de Ictiologia (IctioLab) da Ufes, do Instituto de Biodiversidade e Sustentabilidade da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da California Academy of Sciences, em colaboração com a Marinha brasileira.

A pesquisa sobre a fauna em Trindade começou em 1995 - já dura 28 anos, portanto. Em 2009, o biólogo e especialista em taxonomia João Luiz Gasparini, pesquisador associado do IctioLab, e o cientista da USP Hudson Pinheiro realizaram uma expedição à ilha e coletaram exemplares do Acyrtus.

O estudo genético foi importante nessa etapa do estudo, sendo o ponto chave para confirmar a descoberta da espécie. "A genética veio como uma ferramenta essencial para auxiliar na descoberta do Acyrtus e de outras espécies, descrevendo a parte molecular e identificando os parentescos."

Apesar do auxílio tecnológico do campo genético na descoberta, os pesquisadores optaram por utilizar a taxonomia tradicional (método que caracteriza as espécies externamente) como metodologia ao descrevê-la. "Nós só conseguimos estudar e conservar o que conhecemos. O primeiro passo é descrever as espécies para depois entender a ecologia, biogeografia e conservação de cada uma delas", afirmou o pesquisador.

Responsabilidade da Marinha do Brasil, o complexo insular oceânico formado pela Ilha da Trindade e pelo arquipélago Martin Vaz é formado por ilhas e ilhotas íngremes e de difícil acesso. Elas são os únicos pontos emersos de uma cadeia de montanhas submersas, a cadeia Vitória-Trindade. Localizada no meio do Atlântico Sul ocidental, a região fica a 1.200 quilômetros da costa brasileira.