ATAQUE COM ÁCIDO

Suspeita de ter jogado ácido em jovem no interior do Paraná diz ter sido motivada por ciúmes

Ela confessou o crime à polícia e teve prisão preventiva decretada em audiência de custódia

  • Foto do(a) author(a) Estadão
  • Estadão

Publicado em 24 de maio de 2024 às 17:07

Isabelly Aparecida Ferreira Moro, de 23 anos, foi atacada com ácido em rua no Paraná
Isabelly Aparecida Ferreira Moro, de 23 anos, foi atacada com ácido em rua no Paraná Crédito: Reprodução

Uma mulher suspeita de jogar ácido no rosto da jovem Isabelly Aparecida Ferreira Moro, de 23 anos, foi presa nesta sexta-feira (24) em Jacarezinho, no Paraná. Ela confessou o crime à polícia e teve prisão preventiva decretada em audiência de custódia.

"Indagada se teria alguma participação no crime, a mulher imediatamente assumiu a autoria", diz nota da PM. Aos policiais teria relatado que foi motivada por ciúmes, alegando que a vítima se relacionara com seu ex-companheiro.

De acordo com a Polícia Militar (PM), a mulher foi localizada no pátio de um hotel próximo ao local do crime, no final da madrugada, após ela própria acionar a polícia.

Ela disse que estava sendo perseguida por quatro homens e não sabia o motivo. Teria afirmado ainda que estava escondida em um matagal próximo desde a tarde quarta-feira, 22 - data e período compatíveis com o ataque a Isabelly.

A suspeita foi então conduzida à delegacia da cidade, onde confessou novamente o crime. Ela também repetiu no depoimento que a motivação do ataque estaria ligada a ciúmes relacionado ao ex-marido e à vítima. A vítima segue internada em estado grave no Hospital Universitário de Londrina.