ARTIGO

Quatro tendências que irão moldar o futuro do T&D

Leia o artigo

Publicado em 27 de dezembro de 2023 às 05:00

Artigo
Artigo Crédito: Arte CORREIO

O futuro do T&D (treinamento e desenvolvimento) está alinhado a essas mudanças e está se tornando cada vez mais personalizado, flexível e centrado no indivíduo. A seguir, vou falar mais sobre isso e explorar quatro tendências para os próximos anos, segundo uma pesquisa internacional da Cegos Group.

1- IA potencializando treinamentos

A inteligência artificial já é uma realidade nos programas de T&D, mas sua presença continuará a crescer.

De acordo com o estudo da Cegos Group, 74% dos profissionais de RH planejam usar inteligência artificial para personalizar os treinamentos.

E, ainda segundo o levantamento, 48% desses profissionais acreditam que a inteligência artificial terá um grande impacto em suas organizações em termos de desenvolvimento de competências nos próximos dois anos.

2- Protagonismo: a chave para o desenvolvimento

O estudo identificou que 60% dos funcionários estão prontos para investir no próprio desenvolvimento e que 76% estariam dispostos a participar de um treinamento fora do seu horário de trabalho.

Para apoiar esse movimento, as organizações precisam colaborar com o protagonismo dos colaboradores oferecendo recursos e ferramentas de aprendizagem autodirigida, além de cultivar uma cultura que valoriza a iniciativa individual, pois é isso que fará com que a força de trabalho se torne mais ágil, adaptável e comprometida nos próximos anos.

3- Agilidade e adaptabilidade

Essa é uma tendência que vai crescer nos próximos anos. O aprendizado não será mais apenas uma resposta às mudanças, mas sim um impulsionador ativo das transformações. E diante da rápida evolução dos ambientes de trabalho e dos modelos de negócios, existem algumas competências que se destacam:

Para 53% das lideranças de RH que participaram do estudo, agilidade e adaptabilidade são habilidades que precisam ser desenvolvidas com urgência para encarar essa nova realidade.

Já para 39% dos profissionais, criatividade e inovação serão as competências-chave para o futuro.

4- Treinamentos sob medida: futuro do aprendizado

A era dos treinamentos padronizados está com os dias contados. Cada pessoa é única, então por que criar treinamentos genéricos?

A personalização é uma tendência crescente no T&D e deve se tornar ainda mais importante no futuro. Para 47% dos profissionais de RH, é essencial dar prioridade à diferenciação nos treinamentos para fortalecer o comprometimento das pessoas.

Além disso, a inteligência artificial também surge como uma impulsionadora nesse processo, já que 63% desses profissionais planejam utilizá-la para enfrentar esse desafio.

Veronica Ahrens é sócia-diretora da Crescimentum