Fortalecimento do DEM no Congresso com chegada de integrantes do PSB avança

Por Jairo Costa Júnior, com Luan Santos

Publicado em 8 de setembro de 2017 às 10:59

- Atualizado há 10 meses

. Crédito: .

O fortalecimento do DEM no Congresso com a chegada de integrantes do PSB deve avançar na próxima semana. Líderes das duas siglas vão se reunir em Brasília para afunilar as conversas e acertar os últimos detalhes. Mesmo com a baixa  do senador Fernando Bezerra Coelho - que optou pelo  PMDB -, caciques democratas seguem otimistas com o chamado “Super DEM”. O  prefeito ACM Neto deve ir à capital federal participar das tratativas finais, em meio ao assédio do presidente nacional do PMDB, senador Romero Jucá, sobre o PSB. O que vem irritando figurões do DEM.

Efeito reverso O vice-prefeito Bruno Reis (PMDB) acha que a legenda não corre risco de perder quadros em função da recente descoberta da dinheirama ligada ao ex-ministro Geddel Vieira Lima, que cumpre prisão domiciliar. Para Reis, o PMDB passa por um processo de renovação e deve ganhar fôlego. “Quem está perdendo aliados é o PSB, que praticamente vai acabar no âmbito federal”, alfinetou."A lei deve ser aplicada com rigor para todos, não interessa se é de partido A ou B" ACM Neto, prefeito de Salvador, sobre o ex-ministro Geddel Vieira Lima"Faz as declarações típicas de alguém que virou  alvo de tortura psicológica"  Carlos Martins, Secretário de Justiça, do PT, ao comentar a delação de Antonio PalocciPassa e repassa A eventual candidatura de Jaques Wagner (PT) à Presidência recoloca a  senadora Lídice da Mata (PSB) na fila da chapa majoritária do governador Rui Costa. Se Wagner substituir o ex-presidente Lula, como se cogita, a vaga do petista fica praticamente garantida para ela.

Em outra jaula O vice-governador João Leão (PP) vai a Brasília na próxima terça-feira para tentar destravar o empréstimo de R$ 600 milhões do Banco do Brasil ao governo da Bahia. Ele afirmou, durante o desfile do 7 de Setembro, que o estado pode ir à Justiça para resolver a questão, mas espera que não seja preciso recorrer aos tribunais. “Temos todo o interesse de resolver isso na paz”, disse.

Fuga de classe A solenidade em comemoração à Independência do Brasil foi marcada pela baixa frequência de políticos. Deputados ficaram de fora e poucos vereadores estavam no Campo Grande. Um dos que foram, conhecido pela acidez, ironizou a ausência do presidente da Assembleia, Ângelo Coronel (PSD): “Marcelo Nilo (PSL) vinha todo ano”.

PílulasDia de trégua  O prefeito ACM Neto e o vice-governador João Leão trocaram risadas durante a cerimônia do 7 de Setembro, apesar do pinga-fogo pela imprensa por conta da ponte Salvador-Itaparica.  Via indireta  Há poucos dias, Neto indagou se a ponte seria só propaganda ou coisa real.  A resposta de João Leão veio ontem: “Muitos não creem. Depois vão bater no peito e dizer: ‘minha culpa’”.Olho no lance  A oposição colocou a lupa sobre a empresa escolhida pelo governo do estado para montar o projeto do novo Centro de Convenções. Um dos sócios da Reag, João Carlos Falbo Mansur, esteve implicado em transações suspeitas com o Palmeiras e foi executivo da WTorre, um das construtoras enroladas com a Lava Jato.