Satélite: Abertura de casa de strip tease no Rio Vermelho causa polêmica entre moradores e comerciantes

Linha Fina Lorem ipsum dolor sit amet consectetur adipisicing elit. Dolorum ipsa voluptatum enim voluptatem dignissimos.

Publicado em 17 de fevereiro de 2016 às 09:26

- Atualizado há 10 meses

Em pé de guerraUm rebu digno de Jorge Amado tomou conta do Rio Vermelho, onde viveu e morreu o escritor. A cerca de 100 metros da estátua do romancista com a mulher, Zélia Gattai, a abertura de uma casa de strip tease nos fundos da Igreja de Santana, popular Largo da Dinha, vem causando polêmica entre moradores, empresários e comerciantes da área.

A queixa é de que empreendimento de tal ramo prejudicará negócios e afugentará a clientela que voltou a lotar o bairro após a inauguração da nova orla. Temem que aconteça no coração da boemia soteropolitana o mesmo que ocorreu com a Pituba, onde estabelecimentos do tipo transformaram o local no mais badalado ponto de prostituição da cidade.

Como se estivessem em plena cruzada pela moral e a decência, procuraram a ajuda do vereador Cláudio Tinoco (DEM). Crítico da exploração e o turismo sexuais na orla, Tinoco entrou na briga e garantiu apoio para tentar fechar a boate erótica.

Dança sem par

Claúdio Tinoco conta que, há cerca de duas semanas, foi acionado por uma comissão de empresários e integrantes da Associação de Moradores e Amigos do Rio Vermelho, chateados com a inauguração da boate de strip tease.

“No sábado passado, fui olhar a casa. Ela está instalada ao lado de restaurantes e bares frequentados por turistas e famílias, próxima a hotéis, igreja, com meninas distribuindo folhetos nas mesas. Vamos combinar que isso não tem nada a ver com o bairro. Como sou a favor da retirada desse tipo de estabelecimento da orla, pedi apoio à prefeitura para fiscalizar o local”, conta o vereador democrata.

Cerco montado

A frente de pressão contra a casa noturna deu o primeiro fruto: ontem, após duas tentativas mal-sucedidas de contato com os donos da boate, fiscais da Secretaria Municipal de Urbanismo (Sucom) decidiram realizar uma operação surpresa no local à noite, para verificar a licença de funcionamento e, sobretudo, se o ramo descrito no alvará combina com as atividades reais do local.

O que pode abrir espaço para um embargo. Até o fechamento desta edição, a blitz não havia sido iniciada, mas rendeu piada na prefeitura. Diz-se que a fila de agentes da Sucom que se escalaram por vontade própria para participar da batida dava volta em quarteirão.Nós não vamos encontrar a saída para a economia achando que é só aumentar impostos Walter Pinheiro (PT), Senador da República, ao criticar ontem a recriação da CPMF em pronunciamento no plenário da CasaAté breve e adeusFontes do Palácio de Ondina confirmaram a saída do diretor-geral do Detran, Maurício Bacelar, que ontem mesmo entregou carta de despedida aos funcionários do órgão. Asseguraram também que o presidente do PTN na Bahia, o deputado João Carlos Bacelar, irmão de Maurício, pediu diretamente ao governador Rui Costa (PT) a troca de comando, por “problemas internos do partido”.

Contudo, Rui não teria gostado nem um pouco de ver, pela imprensa, nomes de prováveis substitutos e segurou a exoneração por quase um mês. Agora, resolveu atender ao pedido de Bacelar.Tesoura amoladaA Secretaria Estadual da Fazenda está em clima de festa. Novo balanço do órgão aponta para uma economia de aproximadamente R$ 250 milhões nas despesas de custeio do governo baiano no ano passado, em comparação com 2014.

Credita-se o resultado, bastante positivo em ano de crise e de falta de verbas, ao Plano de Qualidade do Gasto Público, implantado por Rui Costa no início de 2015. Os cortes atingiram desde diárias de viagem a custos de consumo com luz, água e combustível.