Após declarações de Marcelo Sant'Ana, consórcio se posiciona sobre valores cobrados na Arena

O presidente do Bahia chegou a dizer que este é um casamento com data para acabar

Publicado em 11 de fevereiro de 2016 às 18:29

- Atualizado há 10 meses

A Fonte Nova Negócios e Participações S.A (FNP), informou que os preços de alimentos e bebidas cobrados na partida entre Bahia e Flamengo de Guanambi, às 20h30 desta quinta-feira (11), válida pelo Campeonato Baiano, não serão alterados.

O comunicado foi feito no início da noite de hoje, após o presidente do Tricolor baiano, Marcelo Sant'Ana protestar contra a administração do estádio. Desse modo, o reajuste dos preços da cerveja (de R$ 6 para R$ 7) e refrigerante (de R$ 5 para R$ 6), não passará a valer a partir desta quinta, conforme estava previsto.(Foto: Divulgação)O consório informou ainda que a política de preços desse itens é definida pela empresa que venceu a exploração do serviço, no caso a Food Team. A operadora dos bares da Arena não foi localizada pelo CORREIO para comentar o assunto. Na próxima semana, a FNP e o Esporte Clube Bahia se reunirão para tratar do tema.

Confira a nota da FNP:A Fonte Nova Negócios e Participações S.A (FNP) informa que os preços de alimentos e bebidas não sofrerão alteração para o jogo Bahia e Flamengo de Guanambi, válido pelo Campeonato Baiano, nesta quarta (11). Em tempo, a concessionária esclarece que a política de preços desse itens é definida pela empresa que venceu a exploração do serviço, dentro dos limites estabelecidos no contrato. A FNP e o Esporte Clube Bahia, como partes interessadas, se reunirão na próxima semana para tratar do tema.