Bahia empata com o Cruzeiro na Fonte e se complica no Brasileirão

Tricolor pode entrar na zona de rebaixamento no complemento da rodada

Publicado em 10 de junho de 2023 às 21:04

- Atualizado há 8 meses

. Crédito: Foto: Felipe Oliveira/ EC Bahia

O Bahia recebeu o Cruzeiro neste sábado (10), na Arena Fonte Nova, e ficou no empate em 2x2. O time mineiro ainda teve um gol e um pênalti anulados pelo VAR nos minutos finais da partida, válida pela 10ª rodada do Brasileirão. O resultado manteve o time mineiro longe dos primeiros colocados, com 14 pontos, enquanto a equipe baiana segue na luta contra a zona de rebaixamento, com nove.

Bahia e Cruzeiro fizeram um jogo aberto com boas oportunidades de gol. O time celeste tentou surpreender logo de cara com Gilberto, mas foi o adversário que conseguiu abrir o placar. Aos 17 minutos, Thaciano aplicou uma caneta em Neto Moura e acionou Ryan. O lateral cruzou para Kayky, que passou por Wesley e marcou.

O Bahia teve a chance de fazer o segundo, mas o arremate de Cicinho ficou no travessão. O castigo veio no lance seguinte, aos 29 minutos. Willian cabeceou e viu a bola ficar com Gilberto, que deu de calcanhar para Bruno Rodrigues. O atacante não perdoou.

O time mineiro cresceu e fez o segundo aos 45 minutos. Lucas Oliveira e achou Wesley. O atacante ganhou de David Duarte e marcou um bonito gol, levando a vantagem para o intervalo.

No segundo tempo, o Bahia voltou com a intenção de buscar o empate, mas Rafael Cabral foi se destacando, até que, aos 20 minutos, Cauly cobrou escanteio, Kani desviou e viu o goleiro celeste salvar. Na sobra, Arthur Sales marcou.

O Bahia ainda chegou a marcar o terceiro com Cauly, mas o árbitro pegou impedimento e anulou o lance. O Cruzeiro respondeu aos 35 minutos. Henrique Dourado recebeu dentro da área e mandou no travessão.

Os minutos finais foram de muita emoção, com os dois times voltados ao ataque. De um lado, Rafael salvou o chute de Thaciano. Do outro, Marcos Felipe fez um milagre no arremate de Bruno Rodrigues.

O Cruzeiro teve a melhor sorte e marcou o gol da vitória aos 43 minutos. Lucas Oliveira roubou a bola e deu para Bruno Rodrigues, que arriscou. A bola chegou em Henrique Dourado, que marcou. Mas o árbitro foi acionado pelo VAR e anulou o lance, assim como aconteceu em um pênalti marcado para o times celeste. Com isso, o placar seguiu inalterado.

Na próxima rodada, o Cruzeiro recebe o Fortaleza no dia 21 de junho, às 19h, no Mineirão, em Belo Horizonte. No mesmo dia, às 21h30, o Bahia recebe o Palmeiras, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

FICHA TÉCNICA:

BAHIA 2x2 CRUZEIRO

BAHIA - Marcos Felipe; Kanu, David Duarte e Vitor Hugo (Daniel); Cicinho, Rezende, Thaciano (Lucas Mugni), Cauly e Ryan; Kayky (Arthur Sales) e Everaldo (Vinicius Mingotti). Técnico: Renato Paiva.

CRUZEIRO - Rafael Cabral; William, Oliveira, Luciano Castán e Marlon; Machado, Neto Moura (Henrique Dourado) e Mateus Vital; Wesley (Stênio), Gilberto (Walisson) e Bruno Rodrigues. Técnico: Pepa.

GOLS - Kayky, aos 17, Bruno Rodrigues, aos 29, e Wesley, aos 45 minutos do primeiro tempo. Arthur Sales, aos 20 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Kanu, Kayky, Rezende e Ryan (Bahia); Walisson (Cruzeiro).

ÁRBITRO - Rodrigo José Pereira de Lima (PE).

RENDA - R$ 1.003.337,00.

PÚBLICO - 33.679 pagantes.

LOCAL - Arena Fonte Nova, em Salvador