Charles confirma defesa e revela dúvida entre Rômulo e João Paulo Penha

Treinador só vai revelar a escalação minutos antes da bola rolar para o duelo contra o Oeste

Publicado em 16 de outubro de 2015 às 11:20

- Atualizado há 10 meses

João Paulo Penha ou Rômulo? Essa é a dúvida que paira na cabeça do técnico Charles para sua reestreia no comando do Bahia. Na manhã desta sexta-feira (16) o elenco tricolor realizou a última atividade antes do embarque para São Paulo, local da partida contra o Oeste, neste sábado (17), às 16h30. A escalação final só vai ser divulgada minutos antes da bola rolar. "Existe a dúvida. Eu trabalhei as duas situações e essa dúvida eu devo levar até o final, até momentos antes do jogo. Vamos analisar algumas situações do adversário, claro que nós já analisamos situações, mas não temos pressa para definir isso não", explicou Charles. Certeza mesmo é a presença de Eduardo como um dos armadores do time. "Eduardo vai jogar. Agora o Alexandro de início fica como opção para o segundo tempo, opção de velocidade, de puxada, e por isso fica no banco", afirmou. João Paulo Penha deve ganhar disputa com Rômulo e seguir no time titular do Bahia (Foto: Felipe Oliveira/ECBahia)Apesar do mistério de Charles, João Paulo Penha deve seguir no time titular. Alvo de críticas pelos gols perdidos durante o empate contra o Paysandu, o garoto vai ganhar mais uma chance. Antes do início do treino os atletas considerados titulares foram reunidos para um bate-papo e lá estava o capixaba. Já Rômulo ficou mais afastado com o resto do elenco. Dúvidas a parte, o novo Bahia vai para campo com: Douglas Pires; Railan, Gabriel Valongo, Gustavo e João Paulo; Paulinho Dias, Souza, Eduardo e João Paulo Penha (Rômulo); Kieza e Roger. Dúvida na frente, certeza atrásSe na frente dois jogadores viajam para São Paulo disputando posição, a defesa está mais do que confirmada. Contratado para suprir a ausência de Titi, que deixou o Bahia rumo ao futebol turco, o zagueiro Gabriel Valongo vai ter sua primeira oportunidade como titular. Sua estreia não foi das melhores - erro que culminou em gol do Sport na goleada de 4 a 1 do time pernambucano pela Sul-Americana - mas Charles quer apagar o passado.  "Depois daquele episódio ele ganhou motivação, vontade de dar a volta por cima, jogador que tem tem potencial, ele mostrou isso dentro de campo, nos trabalhos do dia-a dia. O percentual dele baixou demais, é um acra que fala muito, orienta. O Gabriel tem muitos pontos positivos e não é por causa de uma falha que a gente vai achar que ele não pode nos ajudar", explicou.  O Bahia está na sexta colocação do Brasileirão com 48 pontos, mesmo número do Santa Cruz, quarto colocado. Para voltar ao grupo dos quatro que ascendem à primeira divisão, o Tricolor precisa encerra o jejum de cinco rodadas sem triunfos na Segundona.