Jogadores do Bahia criticam arbitragem após derrota no Mineirão

Eduardo reclamou de um pênalti não marcado para o Esquadrão durante o duelo

Publicado em 17 de setembro de 2017 às 21:05

- Atualizado há 10 meses

. Crédito: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

A situação do Bahia no Campeonato não é nada animadora. Na 16ª colocação do Brasileirão, o tricolor pode terminar a 24ª rodada na zona de rebaixamento. Para isso, basta um empate do Coritiba com o Palmeiras nesta segunda-feira (18), às 20h, no Pacaembu, em São Paulo. Após a derrota para o Cruzeiro, domingo (17), no Mineirão, os jogadores do Esquadrão lamentaram o resultado e criticaram a atuação da arbitragem.

“Foi um jogo bem disputado, na bola, mas o árbitro deixou a desejar. Um pênalti que ele disse que eu fiz, eu estava do outro lado, e depois um pênalti em mim que ele não marcou. Mas não podemos baixar a cabeça, temos muitos jogos ainda e temos que continuar na pegada muito forte para nos distanciar da zona de rebaixamento”, disse o lateral Eduardo.

O próximo adversário do Bahia será o Grêmio, domingo (24), às 19h, na Fonte Nova. O técnico Preto Casagrande pode ganhar um desfalque: o zagueiro Tiago, que voltava de lesão diante do time mineiro, deixou o campo com dor na coxa direita. Ele iniciou o tratamento ainda no estádio e vai ser avaliado pelo departamento médico.