Mesmo há nove jogos sem perder, Vander admite incômodo no Vitória

Cada vez mais perto da Série A, Leão encara o Náutico, neste sábado (31), no Barradão

Publicado em 30 de outubro de 2015 às 15:18

- Atualizado há 10 meses

Há nove jogos invicto, o Vitória se prepara para mais uma missão em busca do acesso à Série A  do Brasileiro. Amanhã, o Leão enfrenta o Náutico, às 16h10, no Barradão. Apesar de não saber o que é amargar derrota na Série B desde 5 de setembro, no 2x1 para o Botafogo, o rubro-negro quer voltar a ganhar, já que vem de dois empates seguidos contra Paraná e CRB.Um dos mais incomodados e com fome de vencer é o meia Vander. “Os dois empates não são uma coisa que preocupa, mas incomoda. Uma equipe de qualidade como a nossa não pode ficar duas rodadas sem vencer”, cobra o jogador, que reforça a importância dos três pontos para seguir na busca pelo título com o Botafogo. Vander treina entre os titulares e deve enfrentar o Náutico no Barradão (Foto: Divulgação/ECVitória)“São cinco pontos de diferença (para o líder Botafogo) e 18 pontos a ser disputados. O primeiro passo é conseguir vencer o Náutico”, diz ele, que admitiu que vai torcer por um empate entre Botafogo e Bahia, também às 16h10 de amanhã “para se aproximar do Botafogo e afastar o Bahia”. Com os mesmos 57 pontos do vice-líder América-MG, o Vitória é o terceiro, mas pode retomar a segunda colocação até caso empate contra o time pernambucano. Os mineiros já jogaram pela 33ª rodada na terça-feira e venceram o Boa por 2x1. Já o Náutico, com 49 pontos, é o oitavo e precisa vencer para lutar pelo G-4.Em preparação para o confronto, o Vitória treinou ontem sem surpresas no time titular formado por Gatito, Diogo, Kanu, Ramon e Diego Renan; Amaral, Pedro Ken, Escudero, Rhayner e Vander; Elton. Tabu O Leão perdeu do Náutico por 2x1 nas duas vezes que se encontraram neste ano - pela Série B, em julho, e na Supercopa do Maranhão, em janeiro. Por outro lado, o Vitória não perde do Timbu em casa desde 2001. Ordem de serviço para a Via Expressa do Barradão é assinadaFoi assinada ontem, pelo governador Rui Costa, a ordem de serviço para a implantação da Via Expressa Paralela-Barradão, que vai ligar a Avenida Paralela à Rua Artêmio Castro Valente, onde fica o estádio. As obras custarão R$ 26 milhões, com previsão de início em novembro e duração de 18 meses. A Via Expressa terá 3,68 km de extensão e duas faixas em cada sentido. “Qualquer um que passar por esta avenida terá acesso fácil à estação Trobogy (na verdade, Tamburugy) para pegar o metrô. Nem vai precisar usar carro pra ir ao Barradão”, disse o governador.