Para se manter no topo da Série B, Vitória encara o vice-lanterna Tombense

Rubro-negro entra em campo nesta terça-feira (6) com três adversários na cola

Publicado em 6 de junho de 2023 às 05:00

- Atualizado há 8 meses

. Crédito: VICTOR FERREIRA / ECV

Líder da Série B, o Vitória é o time a ser alcançado na competição. Cabe ao Leão não deixar que nenhum adversário consiga o feito. Nesta terça-feira (6), o rubro-negro visita o Tombense, às 19h, no estádio Soares de Azevedo, na cidade de Muriaé-MG. Se vencer, se mantém no topo sem depender de outro resultado.

O Tombense vive situação bem diferente e luta para tentar sair da zona de rebaixamento. Com apenas seis pontos, o clube amarga a vice-lanterna da competição e demitiu ontem o técnico Marcelo Chamusca e o auxiliar Flávio Tanajura, ambos com passagem pelo rubro-negro. Além disso, não vence há oito rodadas. Só o ABC, lanterna e dono de quatro pontos, passa por momento mais crítico. Apesar da fase do adversário, o centroavante Tréllez acredita que o Vitória vai enfrentar dificuldades no interior de Minas Gerais.

“Quer maior motivação que um jogo contra o primeiro colocado da competição? Vai ser um jogo difícil, mas a gente está preparado para encarar esse jogo da melhor maneira para conseguir nosso objetivo”, prometeu o atacante, que será titular pela terceira vez consecutiva na Segundona. Concorrentes dele, Léo Gamalho e Welder ainda se recuperam de lesão.“A gente sabe que todo jogo da Série B é difícil. Os caras vão fazer tudo que está nas mãos deles para sair da parte de baixo da tabela”, completou Tréllez.Difícil ou não, o Vitória sabe que precisa fazer a parte dele, já que tem Vila Nova, Novorizontino e Criciúma na cola. Segundo, terceiro e quarto colocados, respectivamente, os rivais têm 20 pontos cada.

Se empatar, ainda assim o Leão pode se manter no topo da tabela de classificação, mas precisá torcer para que os três rivais citados não o ultrapassem no saldo de gols caso vençam seus jogos. O Vitória tem 14 gols de saldo, contra 11 do Vila Nova, nove do Novorizontino e sete do Criciúma. 

Para se manter na liderança, vale superar todas as adversidades, inclusive as da longa viagem até o palco do jogo. Como o estádio do Tombense, o Almeidão, não atende às exigências da CBF para a Série B, o clube decidiu mandar as partidas em Muriaé, no interior de Minas.

“A gente sabe que não tem desculpa, não tem nada que vá atrapalhar a gente. Nosso time sabe muito bem o que veio fazer aqui. Viagem cansativa, longa, a gente tira isso da cabeça, porque tem um objetivo claro, que a gente vai conseguir”, avisou Tréllez. 

Mudanças O técnico Léo Condé fará ao menos duas mudanças no time para o jogo contra o Tombense. Machucado no tornozelo, o goleiro Lucas Arcanjo nem viajou com a delegação. Dalton será o substituto e Thiago Rodrigues fica como opção no banco de reservas. 

Essa não será a única novidade na defesa vermelha e preta. Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o capitão Zeca dará lugar a Railan na lateral direita. O Vitória, com isso, deve ir a campo com Dalton, Railan, Camutanga, Wagner Leonardo e Marcelo; Marco Antônio, Rodrigo Andrade e Wellington Nem; Osvaldo, Tréllez e Zé Hugo. 

Além de Léo Gamalho e Welder, o atacante Matheusinho também ainda se recupera de contusão e segue fora da equipe, bem como o meia Giovanni Augusto, que está curado da contusão na panturrilha, mas ainda aprimora a forma física para poder retornar aos jogos.