BB terá R$ 30 bilhões a mais para concessão de crédito em 2009

Presidente da instituição diz que portfólio ficará mais equilibrado depois da compra

Publicado em 9 de janeiro de 2009 às 17:20

- Atualizado há 9 meses

O Banco do Brasil vai acumular em 2009 volume de crédito ao consumidor de R$ 230 bilhões, contra R$ 200 bilhões empregados no ano passado, de acordo com o presidente da instituição, Antônio Francisco de Lima.

Ele disse que o portfólio do BB vai ficar agora mais equilibrado com a compra de metade do Banco Votorantim, anunciada hoje (9) no Ministério da Fazenda. Lima destacou que a operação será relevante para o fortalecimento do crédito ao consumidor, em que o Votorantim já é destaque em diversos pontos do país. Além disso, ele ressaltou que não vão acontecer demissões em conseqüência da compra de parte do banco paulista.

O presidente do Conselho de Administração do Grupo Votorantim, Wilson Masao, afirmou que o negócio com o Banco do Brasil tornará as duas instituições o primeiro lugar no crédito para financiamento de veículos, que hoje tem o Votorantim com 12% do mercado e o BB com 4%.

Ele lembrou que o banco paulista tem uma gestão bem-sucedida em financiamentos com 18 mil revendas de veículos, 8,6 mil lojas de material de construção, manutenção de 2,3 mil convênios privados e 400 com o setor público. Além disso, o Votorantim tem atualmente 4,1 mil agências e 15 mil pontos de atendimento em 3,2 mil cidades, segundo o presidente do conselho.

(Com informações da Agência Brasil)

Veja também