Lula diz que compra do Votorantim fortalecerá mercado de carro usado

Banco do Brasil comprou metade do Banco Votorantim por R$ 4,2 bilhões

Publicado em 12 de janeiro de 2009 às 16:08

- Atualizado há 9 meses

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta segunda-feira (12), em São Paulo, que a aquisição de 50% do Banco Votorantim pelo Banco do Brasil vai fortalecer o financiamento de carros usados e assim estimular a compra de novos, permitindo que a economia possa continuar girando normalmente.

'Foi uma associação importante, e o Banco do Brasil vai se preparar para que a gente possa financiar carro usado, para que a economia possa continuar girando normalmente', afirmou durante discurso na abertura da 36ª edição da Couromoda.

Segundo Lula, fortalecer o financiamento dos carros usados é fundamentel para estimular a compra de carros novos. 'Não só compramos a Nossa Caixa, como compramos 50% do Banco Votorantim porque o Banco do Brasil não tem expertise em financiar carro, e muito menos carro usado, e esse é um setor que se não funcionar, a gente não vê as pessoas comprarem um carro novo, mesmo com a redução do IPI [Imposto sobre Produtos Industrializados]. É preciso que alguém venda um carro para comprar outro'.

Na última sexta-feira (9), o Banco do Brasil comprou metade do Banco Votorantim por R$ 4,2 bilhões. Em novembro do ano passado, o banco já havia adquirido a Nossa Caixa, que pertencia ao estado de São Paulo, em um negócio de R$ 5,3 bilhões.

(Com informações da Agência Brasil)

Veja também: