Ufba aumenta valor das bolsas para acompanhar CNPq, Capes e Fapesb

Valor será pago com recurso próprio, mas Ufba aguarda suplementação

  • D
  • Da Redação

Publicado em 17 de abril de 2023 às 15:56

- Atualizado há 10 meses

. Crédito: .

A Universidade Federal da Bahia (Ufba) reajustou os valores das bolsas de pesquisa, monitoria e extensão que são custeadas com recursos do orçamento da instituição. Atualmente, este é o caso de 1.434 bolsas, informou a Ufba nesta segunda-feira (17).

O reajuste equipara os valores das modalidades de bolsas custeadas pela Ufba aos novos valores anunciados recentemente pelo Ministério da Educação e já adotados pelas agências de fomento federais - CNPq e Capes - e estadual - Fapesb. 

Assim, passa de R$ 400 para R$ 700 o valor das bolsas pagas no Pibic, Pibiex 2022-2023, Pibiex 2023-2024, Pibiartes 2022-2023, Pibiartes 2024-2023, ACCS 2023.1, ACCS 2023.1, núcleo de extensão e monitoria 1º semestre e 2º semestre. Já as bolsas Pibic Jr vão de R$ 100 para R$ 300 por mês.

O investimento será de aproximadamente R$ 4,2 milhões. A Ufba informou que aguarda a suplementação orçamentária prevista na Lei de Diretrizes Orçamentárias e já reconhecida pelo Ministério da Educação.

Em nota, a instituição diz ainda que aguarda a sinalização do governo em relação a uma possível suplementação dos recursos do Plano Nacional de Assistência Estudantil (Pnaes) - o que possibilitará reajustar também as bolsas de assistência estudantil.