Violência contra a mulher é tema de redação do Enem e gera polêmica no Twitter

Alguns usuários defenderam a relevância do tema, enquanto outros criticaram o suposto feminismo dos organizadores do Enem

Publicado em 25 de outubro de 2015 às 13:53

- Atualizado há 10 meses

O tema da redação do Enem 2015 foi divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) neste domingo (25), minutos após o fechamento dos portões do segundo e último dia de provas. Os candidatos que prestam o exame na tarde deste domingo terão de dissertar sobre "A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira". (Reprodução/Twitter)Após o anúncio do Inep, o tema da redação gerou debates e polêmica no Twitter. Enquanto uns defendem que o assunto proposto pelo Ministério da Educação (MEC) é atual e pertinente, outros criticaram o suposto feminismo dos organizadores do Enem. No Twitter, os internautas logo trataram de comentar sobre o assunto utilizando hashtags como #enemfeminista ou utilizando o a palavra pejorativa "feminazi", além de outras reações preconceituosas. Houve ainda os que utilizaram o momento para fazer piada com o tema da redação, citando, inclusive, a recente separação do casal Joelma e Chimbinha.  (Reprodução/Twitter)(Reprodução/Twitter)(Reprodução/Twitter)(Reprodução/Twitter)(Reprodução/Twitter)(Reprodução/Twitter)(Reprodução/Twitter)(Reprodução/Twitter)(Reprodução/Twitter)(Reprodução/Twitter)[[saiba_mais]]