Em biografia, Gretchen revela que apanhava do ex-marido: "ele pegava até arma"

Na obra, que chega às livrarias nesta semana, a artista contou também que sofria agressões do pai, Mário Miranda, na infância

Publicado em 19 de outubro de 2015 às 10:06

- Atualizado há um ano

No livro 'Gretchen, uma biografia quase não autorizada', que chega às livrarias nesta semana, a dançarina Gretchen Miranda fala sobre um momento difícil que viveu durante o casamento com Cláudio Farias. Para publicação, escrita por Fábio Fabrício Fabretti e Gerson Couto, a cantora revelou que apanhava do rapaz, pai do seu segundo filho, Sérgio Aversani. Em biografia, Gretchen revela que apanhava do ex-marido: "ele pegava até arma"Fotos: Reprodução/GShow e Divulgação“Fui agredida diversas vezes por ele. Ao reler o livro, aquilo voltou como se seu estivesse vivendo aquele momento de novo. Era tudo muito parecido com o personagem de Dan Stubalch, naquela novela 'Mulheres apaixonadas'. Inclusive, quando assistia àquelas cenas, eu chorava muito, porque foi muito parecido com aquilo. Sofri todo o tipo de agressão que uma pessoa pode imaginar. Às vezes, ele pegava até arma. Não gosto nem de lembrar”, contou.

Ainda para publicação, a artista contou também que sofria agressões do pai, Mário Miranda, na infância. Gretchen disse que ela e sua mãe, Maria José, passavam por momentos complicados quando ele estava embriagado.

“Foi um momento muito difícil. Quando eu era pequena, não tinha força física, porque ele sempre foi um homem muito forte, e eu tinha medo. Mas depois que eu comecei a crescer, tive coragem de encará-lo. Se ele tinha condições de bater na minha mãe na idade que eu já estava, ele também podia me encarar, então eu preferia apanhar dele no lugar dela para poupá-la”, completou.

[[saiba_mais]]