POMBINHOS

Taís Araujo e Lázaro Ramos tiram férias a dois e fazem Rota dos Direitos Civis, nos EUA

Os artistas vão fazer a ‘Rota dos Direitos Civis‘, que atravessa 15 estados do país

  • Foto do(a) author(a) Alô Alô Bahia
  • Alô Alô Bahia

Publicado em 13 de abril de 2024 às 14:49

Taís Araújo e Lázaro Ramos
Taís Araújo e Lázaro Ramos Crédito: Redes sociais

Após uma bateria de trabalhos engatilhados desde o ano passado, Lázaro Ramos, de 45 anos, está de férias. Para aproveitar os dias de descanso, ele e a esposa, Taís Araujo, de 45 anos, embarcam numa viagem a dois para os EUA.

Casados há 19 anos, os artistas vão fazer a ‘Rota dos Direitos Civis‘, que atravessa 15 estados do país. Em entrevista à Quem, Taís deu detalhes do roteiro que teve início na quinta-feira (11).

“Vamos sair por aí. Vai ser ótimo. Serão 20 dias juntos, só nós dois, sem as crianças”, ressaltou. Eles são pais de João Vicente, de 12 anos, e Maria Antônia, de 8.

Taís brinca que ela é a que se programa e faz questão de fazer planos e planilhas para as viagens. “Sou praticamente a Tia Estela. Faço tudo, promovo as coisas, sou uma chata na viagem”, contou aos risos sobre a personagem que ficou conhecida por popularizar pacotes turísticos no país.

Mas o roteiro não é tão rígido quanto pode parecer. “Há lugares onde a gente tem uma programação específica, com horários marcados, e outros em que a programação é só ser feliz”, diz. “Tem alguns museus, algumas coisas que não dá para deixar de ir”, completou.

O trajeto que o casal vai fazer é repleto de memoriais, museus interativos, igrejas, hotéis sofisticados, bares animados, comida típica sulista e a música que marca a região. O roteiro leva o turista pelos passos que marcaram a trajetória do líder Martin Luther King Jr. até o lugar em que foi morto.

“A gente adora viajar só a gente. Adora viajar com as crianças. Mas tinha tempo que não viajávamos só nós dois pra passar tanto tempo”, fala a atriz.

A última viagem do casal, sem as crianças, foi em 2018. “Fomos para a Tailândia na época. Desde então, a gente só passava dois dias fora e voltava. Passava três dias e voltava. Agora vamos ficar 20 dias”, concluiu.