Adélia diz que cansou de Ana Paula, promete 'bater de frente' e insinua agressão fora do BBB

A advogada contou a conversa que teve com Ana Paula no sonho

Publicado em 29 de fevereiro de 2016 às 19:50

- Atualizado há 10 meses

O comportamento de Ana Paula durante a compra de alimentos na manhã desta segunda-feira (29) gerou incômodo na casa do BBB16. A sister afirmou a Geralda que não daria mais estalecas para alguns brothers e recomendou que ela fizesse o mesmo, dizendo que não ia "sustentar marmanjos". Apesar do comentário, a mineira deu 1500 estalecas para ajudar nas compras.

"Tudo é motivo de briga", se queixou Geralda depois. Renan classificou o comportamento de Ana Paula de "picuinha". Adélia foi outra que não gostou do clima e resolveu dormia boa parte da tarde para "esfriar a cabeça". Ao despertar, ela conversou com Renan na cozinha e disse que sonhou que estava brigando com Ana Paula.  Ela afirmou que pretende enfrentar a mineira a partir de agora. "Aperta o cinto. Agora o ônibus vai balançar. Se ela acha que sabe fazer barraco, fique sabendo que eu dou aula sobre isso. Eu sei fazer barraco. Se é de inferno que ela gosta, eu vou ensinar como é que se faz", garantiu.  (Foto: Divulgação)Renan, que já brigou várias vezes com Ana Paula, gostou do que ouviu. Ele disse que sempre quis apoio dos outros participantes quando discutia com a mineira. "Só eu ficava incomodado (com ela). Só eu batia de frente. Eu fiz tudo o que tinha que fazer".

"Eu sei andar no salto, mas também sei andar na favela descalça. Eu cansei. Mostrei o meu melhor lado. Agora vou mostrar o pior. Se eu tiver que sair daqui, eu saio. Mas não vou mais ficar engolido sapo. Só te avisei para você não levar um susto", declarou Adélia.

A advogada contou a conversa que teve com Ana Paula no sonho. "Você xingou a Ju, humilhou o Dani e chamou o Renan de merd* na minha frente. Agora o pau vai comer".

[[saiba_mais]]

IncômodoNa academia, perto de Renan e Cacau, ela continuou reclamando de Ana Paula.  "Não gostei do que ela ficou falando de manhã sobre sustentar marmanjos. Quem me sustenta é a Rede Globo, não ela. Por que ela não disse isso na cara do Renan? Cansei. Eu não vou ficar mais calada. Não gostei da situação, mas fiquei quieta. Mas não sou só eu que estou incomodada e fica calada. Decidi que não vou aguentar isso. Minha irmã pega muito no meu pé. Ela acha que eu tive câncer porque fico muito quieta", afirma.

A sister continuou: "Ela já brigou com todo mundo. Com o Dani, com a Ju, comigo, com Renan, com Tamiel... É uma questão de tempo para que ela brigue com você, com Matheus e com dona Geralda. Por isso, tomei essa decisão de não engolir mais nada. Isso não está me fazendo bem. Eu até sonhei com ela. E no meu sonho, eu vi como vou dar resposta à altura. Não vou mais ficar calada. Na próxima vez que ela disser algo e eu achar que devo responder, ela vai ouvir".

Adélia chegou a afirmar que a situação pode continuar depois do fim do programa, quando poderia agredir Ana Paula. "Não posso colocar a mão nela, mas isso não significa que eu não possa fazer outras coisas. Não vou agredi-la aqui dentro, porque não quero sair como a negra agressora. Mas não posso aqui dentro. Lá fora, não posso prometer nada! Só que o que ela tiver que passar, de inferno, ela vai passar aqui dentro. Ela ofende todos de uma forma gratuita e eu cansei de ficar calada. Não posso ficar agindo como um rato. Agora vou tocar o terror".