Eliminados do BBB 16 trocam carinhos e apelidos íntimos: "Nos conhecendo melhor"

Blackout e Fernanda disputaram duas vagas na casa, mas perderam para Matheus e Geralda

Publicado em 3 de fevereiro de 2016 às 16:14

- Atualizado há 10 meses

Foto: Arquivo pessoalOs ex-participantes do Big Brother Brasil 16, Fernanda Liberato e William ‘Blackout’, estão cada vez mais próximos.

Os dois faziam parte do grupo de quatro integrantes que concorreram a duas vagas na casa, mas ambos foram derrotados por Matheus e Geralda que, por votação popular, foram escolhidos para fazer parte do programa. 

Nesta quarta-feira (3), a modelo revelou como aconteceu a aproximação entre os dois. “Levei o William na clínica de estética que frequento, pois quero que ele comece a se cuidar. Além disso, ele foi comigo ao dentista e fará um tratamento dentário. Nós dois estamos malhando juntos todos os dias e temos muita afinidade. Ele foi a melhor coisa que me aconteceu no programa”, conta a loira.

Apesar de próxima de William, a modela nega que seja namoro, já que o ex-BBB é casado. "Somos amigos, mas não estamos namorado. Ele é um querido. A gente está vendo como vai ser vida fora do BBB, só isso", disse em entrevista ao Ego.

Embora neguem o namoro, a dupla troca carinhos e já possui até apelido. Enquanto ela é chamada de piu-piu, ele é chamado de frajola.Dupla treina diariamente em Belo Horizonte (Foto: Arquivo Pessoal)Blackout, que é paulista e está hospedado na casa da mineira, em Belo Horizonte, também comentou a amizade colorida. “Estamos felizes, mas queria preservar um pouco tudo isso, pois respeito muito a mãe dos meus filhos. A esposa está em São Paulo, em casa. Passei lá, fui lá vê-la. Ela está meio frustrada, porque achou que a gente ia ter um avanço na vida. Eu não, eu estou muito contente. Pra mim foi tudo de bom, foi maravilhoso. Desde que eu saí só tenho a agradecer, porque eles mudaram a minha vida. Conheci o céu de BH, conheci pessoas boas, e conheci a Piupiu. E vai ser melhor ainda”, disse animado. 

Os ex-BBBs planejam ainda sair em alguma escola de samba no carnaval, mas com ressalvas: “Gostaríamos de desfilar em alguma escola de samba. Qualquer lugar. Não me incomodo de bancar minha fantasia. Topo até sair de peito de fora. Vivo de arte, não quero e nunca quis ser piriguete”, defende-se. Fernanda Liberato e William Blackout (Foto: Arquivo pessoal)