Marquezine e Tatá Werneck beijam atriz na boca em protesto

Decisão de Justiça Federal sobre tratamento para 'cura gay' foi motivo

Publicado em 19 de setembro de 2017 às 22:49

- Atualizado há 10 meses

. Crédito: .

Bruna Marquezine e Tatá Werneck deram beijo na boca da atriz Flora Diegues em protesto contra a decisão da Justiça Federal do Distrito Federal que permite que psicólogos tratem gays e lésbicas como doentes sujeitos a uma "terapia de reversão". A própria Flora compartilhou as imagens, feitas nos bastidores da novela "Deus salve o rei", que passará no horário das sete. "Hoje a gente acordou bem gay", escreveu. Flora também postou um clique de um selinho com Fernanda Nobre, que também estará na trama.  Bruna beijou colega em protesto (Foto: Reproduçaõ) Muitos famosos usaram as redes sociais para se manifestar sobre o assunto. Carol Duarte, que vive Ivan em 'A Força do Querer', postou uma foto com uma máscara no rosto."Passar argila na cara é um dos tratamentos da cura gay. Se vc é gay tente tambem e compartilhe com a gente a sua cura! Sua pele vai ficar ótima, bicha! (Esse post contém ironia) #doençaéseupreconceito #vaicatarcoquinho", escreveu na legenda. 

No Instagram, a jornalista e apresentadora Fernanda Gentil também ironizou. "Tentando me curar dessa doença, mas tá difícil..... Ô @paulogustavo31 , obteve sucesso aí??????? #algumadica?", escreveu. A imagem a mostrava de cama, nas cobertas, com um termômetro na boca.  (Foto: Reprodução/Instagram) Bruna Linsmayer respondeu às colegas. "Acordei meio lésbica, será que dá pra ir trabalhar? @gentilfernanda e @carooolduarte me indicam alguma pílula ou máscara verde?", escreveu.