INTERNACIONAL

Após polêmica por ausência em Hong Kong, Messi participa de amistoso em Tóquio

O astro entrou na metade do segundo tempo do jogo do Inter Miami com o Vissel Kobei

  • Foto do(a) author(a) Estadão
  • Estadão

Publicado em 7 de fevereiro de 2024 às 13:16

Messi defende o Inter Miami
Messi defende o Inter Miami Crédito: Inter Miami/Divulgação

A presença do argentino Lionel Messi por 30 minutos nesta quarta-feira (7), em jogo do Inter Miami com o Vissel Kobei, em Tóquio, foi alvo de polêmica após o jogador ter ficado de fora de um amistoso em Hong Kong, no último domingo, sob alegação de uma contusão. A sua ausência deixou os torcedores decepcionados e provocou ainda uma cobrança do governo local, que não gostou de ver o astro fora da partida.

No duelo com o time japonês, que terminou no empate sem gols, e com derrota nos pênaltis por 4 a 3, ele entrou na metade do segundo tempo. O meia não participou da disputa de penalidades e acabou sendo vaiado por um público pouco superior a 28 mil pessoas, no estádio Nacional de Tóquio.

No amistoso realizado em Hong Kong, ele ficou o tempo todo no banco e sua ausência provocou irritação nos torcedores que foram assistir ao jogo. Alguns fãs exigiram reembolso pelo fato de o argentino não ter entrado em campo.

A partida em Tóquio encerrou a turnê global do Inter Miami. Nesta excursão, a equipe americana realizou jogos em El Salvador, Arábia Saudita, Hong Kong e Tóquio. Messi havia ficado fora dos dois jogos anteriores de pré-temporada por causa de um desconforto muscular. O Inter venceu apenas um dos seis jogos desta fase de preparação.