OLHANDO PRA CIMA

Bahia tem sequência de confrontos diretos para se manter no topo do Brasileirão

Depois de vencer o Botafogo, tricolor encara o Red Bull Bragantino na Fonte Nova

  • Foto do(a) author(a) Gabriel Rodrigues
  • Gabriel Rodrigues

Publicado em 8 de maio de 2024 às 05:00

Everaldo Bahia
Com três gols em cinco jogos, Everaldo é um dos artilheiros do Brasileirão  Crédito: Tiago Caldas/EC Bahia

Depois de vencer o Botafogo fora de casa e alcançar a vice-liderança do Brasileirão, o Bahia terá pela frente mais dois confrontos diretos na luta pelo topo da Série A. O primeiro deles será neste domingo, às 18h30, contra o Red Bull Bragantino, na Fonte Nova.

Os clubes estão separados por apenas um ponto na classificação. O tricolor é o segundo colocado, com 10, enquanto o time paulista ocupa a 5ª colocação, com nove. O confronto em Salvador traz boas recordações para os tricolores.

No ano passado, o Esquadrão goleou o rival por 4x0 na Fonte Nova. Rezende, Vitor Hugo, Vinicius Mingotti e Cauly marcaram os gols. O Bahia, aliás, ostenta a marca de nunca ter perdido do Red Bull Bragantino como mandante. Em 13 jogos, foram sete triunfos e seis empates.

Apesar do bom retrospecto, o atacante Everaldo prega pés no chão e diz que o elenco precisa se manter focado para conquistar uma nova vitória em casa.

“É um campeonato muito difícil, mas é manter o trabalho, a força do grupo. É como o professor Rogério [Ceni] fala, não é domingo, é já na volta, manter a intensidade no trabalho porque é no domingo que a gente consegue colocar em prática o que a gente consegue trabalhar na semana”, afirmou.

Depois de encarar o Red Bull, o tricolor vai até Belo Horizonte enfrentar o Atlético-MG. Um dos favoritos ao título do Brasileirão, o Galo é o atual 4º colocado, também com nove pontos.

A partida na MRV Arena fecha a sequência do tricolor contra times que estão na parte de cima da tabela - o Botafogo era o líder da Série A até ser derrotado pelo clube baiano.

“A gente só fala em voos altos, estamos buscando a parte de cima da tabela. A força do grupo é grande, sabemos da nossa qualidade, também sabemos da qualidade dos adversários, mas a gente confia no nosso trabalho e vem demonstrando", completou Everaldo.

Depois de dois dias de folga, o Bahia volta hoje aos treinos e inicia a preparação para o jogo contra o Bragantino. Rogério Ceni tem praticamente todo elenco à disposição e deixou aberta a possibilidade de fazer mudanças.

A principal dúvida está na defesa. Titular desde o início da temporada, o zagueiro Cuesta ficou no banco nos dois últimos jogos após passar cirurgia no nariz. Kanu foi titular ao lado de Gabriel Xavier. A tendência é que o argentino volte ao time.

“A manutenção [de Kanu] se deveu muito em função da velocidade do Botafogo, que é um time que ataca muito as costas da última linha. E, para esse jogo, nós decidimos pela velocidade. No próximo domingo, o Cuesta está de volta, vamos analisar a semana de trabalho. Os três são importantes para mim, todos os que estão no elenco”, disse.