APÓS PASSAGEM PELA ITÁLIA

Bruninho volta ao Brasil para defender o Vôlei Renata: 'Quero dar muitas alegrias à torcida'

Levantador de 37 anos assinou contrato válido por duas temporadas

  • Foto do(a) author(a) Estadão
  • Estadão

Publicado em 13 de maio de 2024 às 15:34

Bruninho
Bruninho passou oito temporadas no Modena, da Itália Crédito: Divulgação/Vôlei Renata

O levantador Bruninho está de volta ao vôlei nacional. Depois de passar quase oito temporadas no Modena, da Itália, o experiente jogador de 37 anos vai defender as cores do Vôlei Renata nas próximas duas temporadas e não esconde a felicidade por voltar a jogar em Campinas, onde cresceu e estará ao lado da família.

"Um currículo recheado de títulos, que dispensa apresentações, mas que ainda faltava ser preenchido com um desejo: atuar em Campinas. Agora não falta mais. Um dos maiores vencedores da história do vôlei brasileiro e do esporte olímpico em geral, o levantador Bruninho é do Vôlei Renata pelas próximas duas temporadas", anunciou o clube, antes de apresentar seu reforço de peso.

Depois de ser superado na final da Superliga atual ao cair na decisão diante do Sesi, o Vôlei Renata espera conquistar o título com a chegada de Bruninho. O levantador se emocionou com o acordo e prometeu fazer o impossível para ajudar a dar alegria aos torcedores de Campinas.

"Em toda minha trajetória, experiência, ter a possibilidade de atuar no projeto que tem os mesmo valores, me fez ter essa vontade de voltar a Campinas, lugar onde a família da minha mãe toda vive e vou estar perto deles", disse. "Ver o quanto as pessoas aqui em Campinas amam voleibol também faz com que esse retorno seja muito especial. Espero poder dar muitas alegrias a essa torcida."

O jogador foi criado na cidade, onde nasceu sua mãe, Vera Mossa. Mas está longe há quase 20 anos. "Cresci aqui, minha família mora aqui desde sempre. Vim morar aqui com 12 anos e fiquei até os 19, antes de ir para Florianópolis, onde me tornei profissional. Tenho muitos amigos. O Taquaral 9ginásio), apesar de começar na Fonte, foi, durante anos, minha segunda casa, atuei muito lá. Poder retornar é muito especial, emocionante. Momento que certamente vai ficar marcado e não vejo a hora de entrar naquele ginásio lotado", afirmou Bruninho.

Dono de sete títulos da Superliga, por Unisul, Cimed, RJX e Taubaté, o levantador espera colocar mais um troféu na conta. "Sou um cara competitivo, apesar das coisas que conquistei, agora com 37 anos, mais experiente, mas venho com um objetivo. A gente sabe da dificuldade, do equilíbrio que é o voleibol masculino, tanto em seleções quanto em clubes, a própria trajetória do Vôlei Renata na Superliga mostra isso, mas o meu sonho seria poder conquistar um título de Superliga pela cidade e é para isso que a gente vai trabalhar", revelou.

Campeão olímpico em 2016, Bruninho sempre revelou uma idolatria por Maurício Lima e agora poderá reencontrá-lo. O ex-levantador é embaixador do time campineiro e também tem carreira extensa na seleção brasileira.

"O Maurício é uma referência, sempre foi um dos meus ídolos no voleibol, um levantador espetacular, talvez o maior talento da história", reconheceu Bruninho. "Então poder ter essa convivência dele no dia a dia vai ser muito bom, conviver com ele ali nos treinos, nos jogos. Apesar da idade, sempre penso que posso aprender alguma coisa."