Copa do Mundo Feminina: goleadas e sufoco de favorita marcam dia

Holanda e Inglaterra atropelam Vietnã e Haiti, respectivamente, enquanto Estados Unidos evitam vexame; Dinamarca se classifica

  • Foto do(a) author(a) Estadão
  • Estadão

Publicado em 1 de agosto de 2023 às 14:17

Camisa 7 da Inglaterra, Lauren James fez dois gols e deu três assistências na goleada sobre a China
Camisa 7 da Inglaterra, Lauren James fez dois gols e deu três assistências na goleada sobre a China Crédito: Fifa/Divulgação

A rodada desta terça-feira definiu dos Grupos D e E da Copa do Mundo feminina. A Holanda massacrou o Vietnã e aplicou a maior goleada da atual edição do torneio. Com o resultado, as europeias se classificaram em primeiro lugar da chave D. Já os Estados Unidos penaram e quase não se classificaram para as oitavas de final. O empate sem gols com Portugal, no entanto, foi o suficiente para as americanas avançarem ao mata-mata.

No Grupo E, a Inglaterra não tomou conhecimento da China e aplicou uma nova goleada. As inglesas garantiram o primeiro lugar do grupo com direito a 100% de aproveitamento. No outro jogo, a Dinamarca fez cinco gols contra o Haiti, mas somente dois foram validados pelo VAR. O 2x0, no entanto, foi suficiente para as europeias garantirem a classificação para as oitavas de final.

Holanda massacra Vietnã

Martens, Snoeijs, Brugts (duas vezes), Roord (também duas vezes) e Van de Donk. O Vietnã não teve tempo de assimilar o atropelamento das holandesas, que construíram a maior goleada da atual edição da Copa.

Em jogo válido pelo Grupo F, a Holanda dominou suas rivais desde o primeiro minuto. Abusando dos cruzamentos na área, a vantagem europeia foi construída por meio do jogo aéreo. O técnico da equipe asiática até tentou mexer no time ainda na primeira etapa, mas não conseguiu evitar o 4x0 antes do intervalo.

No tempo final, mais três gols sacramentaram o resultado. Com a vitória, as holandesas garantiram a liderança do grupo e agora aguardam o vice-líder do Grupo G nas oitavas de final.

Estados Unidos não jogam bem, mas avançam

Com direito a uma bola na trave portuguesa nos acréscimos, os EUA penaram, mas garantiram a classificação para as oitavas de final. O empate por 0 a 0 entre Portugal e as americanas foi justo, mas a chance desperdiçada pela atacante Ana Capeta doeu em quem torcia pela maior zebra do torneio.

Apesar do susto, as atuais bicampeãs se classificaram para as oitavas de final. Esse, no entanto, foi o pior resultado da seleção em todas as fases de grupo de Mundiais que ela já disputou. Ao final do jogo, as europeias caíram em prantos após quase conseguirem a classificação. Mas, em sua primeira participação no torneio, Portugal não fez feio.

Com o resultado, os EUA aguardam a definição do Grupo G. Eles enfrentarão a primeira colocada do grupo.

Inglaterra mantém 100%

A torcida chinesa compareceu em peso e apoiou seu time até o último minuto, mas a verdade é que a Inglaterra não deu chances à China. Com direito a um show de Lauren James, que fez dois gols e deu três assistências, as europeias bateram as asiáticas por 6 a 1 e garantiram o primeiro lugar do Grupo E. Russo, Hemp, Daly e Kelly também contribuíram para o placar. Wang Shuang descontou para a China.

Um momento curioso, no entanto, chamou atenção durante a partida Após o VAR convocar a árbitra Casey Reibelt para um possível pênalti a favor da China, a juíza confirmou a penalidade e deu o cartão amarelo a Lucy Bronze por um toque de mão. O microfone captou a árbitra pedindo desculpas para a craque da Barcelona após aplicar a punição.

Com o resultado, a Inglaterra garante 100% de aproveitamento e o primeiro lugar de seu grupo. Agora, ela enfrentará a Nigéria nas oitavas de final.

Dinamarca fez cinco gols

A Dinamarca teve de suar para vencer o Haiti em partida válida pelo Grupo E da Copa. Ao todo, a seleção europeia movimentou as redes cinco vezes - com Pernille Harder, três vezes, com Nielsen e com Boye. Somente um dos tentos de Harder e outro de Nielense, no entanto, foram contabilizados para o placar.

Em jogo protagonizado pelo VAR, a Dinamarca foi superior ao Haiti durante toda a partida e garantiu a classificação em segundo lugar do Grupo E. O Haiti, sem pontos, amargou a lanterna. Com o resultado, as europeias enfrentarão a anfitriã Austrália nas oitavas de final.

Confira os próximos jogos da Copa do Mundo:

02/08

  • 4h - Argentina x Suécia
  • 4h - África do Sul x Itália
  • 7h - Panamá x França
  • 7h - Jamaica x Brasil