LAMPIONS LEAGUE

Em final emocionante, Fortaleza vence o CRB nos pênaltis e conquista o tri da Copa do Nordeste

Time alagoano devolveu o 2x0 no tempo normal, mas foi superado nas penalidades

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 9 de junho de 2024 às 19:07

Fortalez x CRB
Fortaleza não fez grande jogo, mas confirmou o favoritismo e ficou com a taça do Nordestão Crédito: Mateus Lotif/FEC

O CRB bem que tentou, mas o Fortaleza é o novo campeão da Copa do Nordeste. Em duelo emocionante no estádio Rei Pelé, neste domingo (9), o time cearense foi derrotado por 2x0 no tempo normal, mas venceu a decisão nos pênaltis e conquistou o tricampeonato da “Lampions League”.

Favorito desde antes do início do confronto, o Fortaleza colocou uma mão na taça ao vencer o primeiro jogo, no Castelão, por 2x0. Mas no duelo da volta, o CRB foi pra cima para tentar reverter a situação. As equipes fizeram um primeiro tempo bem movimentado, com chances para os dois lados.

Anselmo Ramon perdeu chance incrível pelo lado regatiano, enquanto o goleiro Matheus Albino livrou a equipe alagoana de ser vazada no primeiro tempo.

Já na segunda etapa, o jogo se transformou no ataque do CRB contra a defesa do Fortaleza. Na base da vontade, o gol saiu. Aos 20 minutos, o Fortaleza não conseguiu afastar e no bate rebate, a bola sobrou limpa para João Neto finalizar sem chances para o goleiro João Ricardo.

O gol colocou fogo na torcida do CRB presente no Rei Pelé, mas ainda não era suficiente para levar a partida aos pênaltis. Por isso, o Galo dobrou a pressão, e mais uma vez foi recompensado pela entrega.

Aos 41 minutos, Matheus Ribeiro arriscou o chute, a bola desviou e sobrou para João Neto. Outra vez, o atacante foi eficiente e encheu o pé para anotar o segundo gol alagoano.

Abatido, o Fortaleza se segurou nos minutos finais, enquanto o CRB mostrou apetite para buscar o terceiro, que daria o título ao clube. Como as redes não foram mais balançadas, a decisão foi para os pênaltis.

Apesar de ter terminado melhor no tempo normal, o CRB saiu em desvantagem já que Anselmo Ramon desperdiçou a primeira cobrança, e Lucero abriu o placar para o Fortaleza. Na sequência, Gegê, João Neto, Hereda e Matheus Ribeiro marcaram para os alagoanos, enquanto Pedro Rocha, José Wellison e Hércules fizeram para o Leão.

Na última cobrança, Yago Pikachu marcou, decretou o 5x4 e deu o tricampeonato ao Fortaleza.