QUINTA RODADA

Jogos do Brasileirão Feminino são marcados por protestos contra técnico acusado de assédio

Volta de técnico acusado de assédio ao Santos gera reações de atletas

  • Foto do(a) author(a) Agência Brasil
  • Agência Brasil

Publicado em 13 de abril de 2024 às 14:27

A quinta rodada do Campeonato Brasileiro Feminino de futebol, iniciada na sexta-feira (12), foi marcada por protestos por parte das atletas por conta de acusações de assédio contra um dos técnicos. 

No Hino Nacional, as jogadoras do Corinthians, titulares e reservas, alinharam com uma das mãos na boca,
No Hino Nacional, as jogadoras do Corinthians, titulares e reservas, alinharam com uma das mãos na boca, Crédito: Rodrigo Gazzanel/Corinthians

A partida entre Santos e Corinthians marcou o retorno de Kleiton Lima ao comando das Sereias da Vila. Ele deixou o clube em setembro do ano passado, após denúncias, apresentadas em cartas anônimas, de que teria cometido assédio moral e sexual.

A volta de Kleiton motivou protestos. No Hino Nacional, as jogadoras do Corinthians, titulares e reservas, alinharam com uma das mãos na boca, como se estivessem sendo "silenciadas". Entre elas, a volante Yaya, que estava nas Sereias em 2023.

Antes de a bola rolar no outro jogo desta sexta, entre Palmeiras e Avaí Kindermann, no Estádio Jayme Cintra, em Jundiaí (SP), as atletas das duas equipes se reuniram e fizeram o mesmo gesto. No elenco alviverde, a volante Brena e a atacante Tainá Maranhão defenderam o Santos no ano passado.

Reconduzido ao cargo, o técnico negou as acusações e revelou ter pedido abertura de inquérito para investigação da autoria das cartas, alegando ser vítima de calúnia e difamação.

A coordenadora de futebol feminino santista, Thais Picarte, disse que o Peixe realizou uma apuração interna e que os argumentos contra Kleiton eram "frágeis". Pelas redes sociais, algumas das 14 jogadoras que defenderam a equipe no ano passado e já saíram do Alvinegro negaram terem sido procuradas.

O clássico alvinegro, entre Santos e Corinthians, na Vila Belmiro, teve vitória da equipe da capital paulista por 3 a 1. Na partida de Jundiaí, o Palmeiras não teve dificuldades para derrotar o Avaí Kindermann, por 4 a 0.