Liga espanhola vai denunciar atos racistas contra Vini Jr em jogo do Atlético de Madrid

Crime ocorreu em disputa da Liga dos Campeões

  • Foto do(a) author(a) Estadão
  • Estadão

Publicado em 14 de março de 2024 às 11:25

Atacante Vini Jr, do Real Madrid
Atacante Vini Jr, do Real Madrid Crédito: Divulgação/Real Madrid

A Liga Espanhola anunciou, nesta quinta-feira (14), que vai denunciar o que chamou de "lamentáveis cânticos racistas" direcionados ao brasileiro Vinícius Júnior, ocorridos no confronto entre Atlético de Madrid e Inter de Milão, na quarta-feira, pela Liga dos Campeões.

Um vídeo nas redes sociais mostrou um pequeno grupo de torcedores do Atlético de Madrid pulando e gritando "chimpanzé Vinícius" antes da partida, que valia uma vaga às quartas de final da competição europeia, ter início.

As imagens vinham acompanhadas de músicas tradicionais e foi publicado inicialmente pelo site Agente Libre Digital.

De acordo com a entidade que comanda o futebol espanhol, a denúncia vai acontecer mesmo que os gritos tenham acontecido em outra competição (no caso, a Liga dos Campeões) e fora do estádio.

A Liga disse ainda estar "profundamente comprometida em garantir que o futebol seja um espaço livre de ódio e continuará a perseguir incansavelmente quaisquer atoros de racismo, homofobia, violência, ódio".

Também há relatos de gritos de ódio contra o atleta revelado pelo Flamengo antes do duelo entre Barcelona e Napoli, na terça-feira, em compromisso válido pelas oitavas de final da Liga dos Campeões.

Um vídeo publicado mostra torcedores do Barça entoando gritos de "Morra Vinícius" antes de a equipe catalã derrotar o rival italiano por 3 a 1 no estádio Olímpico Lluis Companys.