POLÍTICA

ACM Neto critica Jerônimo por falta de alinhamento com Lula: 'Prometeu e não aconteceu'

Em uma publicação no Instagram, ex-prefeito de Salvador ainda respondeu ao senador Jaques Wagner (PT)

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 17 de maio de 2024 às 17:08

Ex-prefeito de Salvador, ACM Neto
Ex-prefeito de Salvador, ACM Neto Crédito: Agência Alba

O vice-presidente do União Brasil, ACM Neto, criticou, nesta sexta-feira (17) o governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT), acusando-o de não aproveitar o alinhamento político com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para impulsionar o desenvolvimento do estado.

"Eu esperava, depois que o presidente Lula foi eleito, que as coisas avançassem num ritmo maior (na Bahia), em função, é claro, do alinhamento, mas não aconteceu, porque era isso que eles prometiam e não aconteceu", afirmou Neto.

"A ponte (Salvador-Itaparica) continua sendo apenas uma peça publicitária, o VLT da mesma forma (...) Eu espero que eles parem de prometer e comecem a fazer, porque 18 anos não é pouco tempo e o povo baiano não é burro”, acrescentou, ao participar, ao lado do prefeito de Salvador, Bruno Reis (União Brasil), da inauguração da maior escola da rede municipal, em São Marcos.

Em uma publicação no Instagram, ACM Neto ainda respondeu ao senador Jaques Wagner (PT), que criticou, em entrevista à rádio Metrópole nesta sexta-feira, a atuação do ex-prefeito de Salvador como opositor.

"Eu e o senador Jaques Wagner sempre tivemos divergências no campo político, mas sempre o considerei um defensor da democracia. Quando ele se incomoda com nosso legítimo papel de oposição, na realidade, flerta com o autoritarismo," declarou ACM Neto. "Ninguém vai me calar ou intimidar no meu papel de fazer oposição ao governo do estado e ser a voz de boa parte dos baianos que está muito insatisfeita com o governador Jerônimo Rodrigues”, emendou.