SAÚDE E PREVENÇÃO

Cerca de 120 mil doses da vacina contra a dengue serão distribuídas pela Bahia

O estado registrou duas mortes em decorrência da doença

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 14 de fevereiro de 2024 às 13:22

Cidade do Rio entra em situação de emergência devido a casos de dengue
Duas pessoas morreram após contrair a doença no estado da Bahia Crédito: Pixabay

Após o estado da Bahia registrar duas mortes como consequência da dengue, cerca de 120 mil doses da vacina serão distribuídas para a população. As cidades de Salvador, Camaçari e Feira são as escolhidas para receber as primeiras doses.

De acordo com a secretária Roberta Santana, o público prioritário da vacina serão crianças de até dez anos de idade. Os cuidados para o combate ao mosquito da dengue continuam se mantendo importantes. “A vacina não é uma solução imediata, a gente pede para que cada um cuide dos seus domicílios”, disse Roberta.

Com o período do Carnaval chegando ao fim novas variantes da COVID-19 e da gripe comum podem surgir, durante coletiva de imprensa em que o balanço com dados sobre o Carnaval foi divulgado, na manhã desta quarta-feira (14), a secretária alertou para que a população busque atendimento médico caso demonstre sintomas respiratórios.

Balanço do Carnaval

Durante o período do Carnaval de Salvador, 127 ocorrências médicas consideradas médias e graves foram registradas pela Secretaria da Saúde do Estado. Os postos de testagem rápida contra infecções sexualmente transmissíveis (IST) realizaram 11.805 testes, sendo 236 positivos e sua maioria sendo positiva para sífilis.

Entre os casos positivos, 51 pessoas realizaram o início do tratamento nos stands.

Cerca de 1.053 bolsas de sangue foram doadas durante a folia, um aumento de 20% em relação ao ano anterior. Além de duas ocorrências de estupro.