DENGUE

Diferentes substâncias, concentrações e durações: como escolher o repelente certo?

Confira perguntas e respostas sobre o produto

  • Foto do(a) author(a) Carolina Cerqueira
  • Carolina Cerqueira

Publicado em 24 de fevereiro de 2024 às 05:00

Repelente
Repelente Crédito: Freepik

Ele é pequeno, mas capaz de fazer grande estrago. Sozinho, o Aedes Aegypti pode transmitir quatro doenças: dengue, chikungunya, Zika e febre amarela. Enquanto o período de chuvas não dá trégua e as vacinas continuam restritas, a principal prevenção fica nas mãos do repelente. Para os consumidores atentos, é possível notar que, nas prateleiras das farmácias e supermercados, eles têm preços variados e composições diferentes. Não se engane: nem todos são recomendados pelos dermatologistas para todos os grupos de pessoas. Veja respostas para algumas das principais dúvidas sobre o produto:

Quais são os diferentes tipos de repelentes?

Os repelentes recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e liberados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) têm em suas composições as substâncias químicas Icaridina (Hydroxyethyl isobutyl piperidine carboxylate ou Picaridin), IR3535 (Ethyl butylacetylaminopropionate ou EBAAP) ou DEET (N-dimetil-meta-toluamida ou N,N-dietil-3-metilbenzamida).

Quais são os mais indicados?

Para a dermatologista Lorena Dantas, professora da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, o mais indicado para bebês e crianças é o IR3535, por ser menos tóxico, mas seu tempo de duração é menor. Já para os adultos, incluindo as gestantes, o mais indicado é o de Icaridina, por conta das altas efetividade e duração. Existem ainda os repelentes naturais (à base de extrato vegetal ou óleo de citronela), no entanto, por serem altamente voláteis e de curta duração, não são recomendados.

Ao que devo estar atento ao ler o rótulo?

Os repelentes não escapam do parabeno, típico conservante presente nos cosméticos. Ele aparece nos rótulos como terminação de termos como metilparabeno e propilparabeno, por exemplo. Por conta da presença de substâncias químicas que interferem no sistema endócrino, ele aumenta as chances de alergias e irritações na pele, e até alguns tipos de câncer a longo prazo, devendo ser evitados. Mas vale destacar que seu uso em cosméticos é autorizado e sua presença é bastante disseminada. Os produtos que são livres dessa substância podem ter preços mais elevados.

Crianças a partir de qual idade podem usar repelentes?

O uso de repelentes é indicado apenas a partir dos 6 meses de idade (antes disso, a alternativa está no uso de roupas longas, mosquiteiros e repelentes elétricos). Nesta faixa etária, deve-se fazer apenas uma aplicação ao dia, de produtos à base de IR3535. Entre 2 e 7 anos, podem ser feitas duas aplicações e, além do IR3535, são recomendados Icaridina 20-25% e Deet 6-9%. A partir dos 7 anos, os produtos são os mesmos, mas o número limite de aplicações sobe para três. Para os adultos, também pode ser usado o Deet 10-15%.

Quanto tempo dura a ação do repelente?

Como destaca a dermatologista Juliana Kida, da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), o efeito do repelente tem diferentes durações (de duas a 10 horas), conforme a concentração das substâncias em cada tipo (quanto mais alta, maior a proteção), e costuma estar descrita na embalagem. A compra deve ser feita conforme a necessidade.

Alguns fatores podem demandar a reaplicação, como o suor e o contato com água. Mas o produto pode ser aplicado por adultos até três vezes ao dia e não é recomendado dormir com repelente aplicado. “Como todo composto químico, os repelentes devem ser utilizados com cautela. A absorção desse composto tóxico pode causar complicações à saúde. Em crianças, esse risco aumenta, por conta da pele mais fina”, coloca a infectologista Lorena Dantas.

Há diferença de eficácia entre os repelentes de spray, de creme e os elétricos?

Como destaca a dermatologista da SBD Louise Chateaubriand, as formulações em spray ou creme são igualmente eficazes. Juliana Kida ressalta: “Os produtos em spray, como dispersam mais no ar, podem irritar as mucosas, como nariz e olhos. Por isso, devem ser aplicados em ambientes ventilados”.

Os repelentes ultrassônicos, que emitem ondas sonoras, não acumulam estudos científicos que comprovem a eficácia. Já os repelentes elétricos, de tomada, são recomendados, mas não devem ser utilizados com as janelas e portas fechadas e deve-se manter uma distância deles de, ao menos, dois metros.

Como saber quais repelentes são certificados?

Todos os repelentes devem expor no seu rótulo o número de registro ou de processo na Anvisa.

Roupas são capazes de impedir a ação do mosquito?

Segundo o infectologista da S.O.S Vida Matheus Todt, a maioria dos tecidos consegue proteger contra a picada do mosquito. “Uma das principais medidas de prevenção das arboviroses é o uso de roupas de mangas longas. Mas vale destacar que alguns estudos sugerem cores fortes e escuras como vermelho e preto atraem mais o mosquito”, coloca.

Confira as recomendações da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) por idade:

REPELENTES PARA CRIANÇAS ENTRE 6 MESES A 2 ANOS:

IR3535: duração de até 4 horas, aplicar uma vez ao dia

REPELENTES PARA CRIANÇAS ENTRE 2 A 7 ANOS:

IR3535: duração de até 4 horas, aplicar até duas vezes ao dia

ICARIDINA 20 -25%: duração de 10 horas, aplicar até duas vezes ao dia

DEET infantil 6-9%: duração de 4-6 horas, aplicar até duas vezes ao dia

REPELENTES PARA CRIANÇAS A PARTIR DE 7 ANOS:

ICARIDINA 20- 25%: duração de 10 horas, aplicar até três vezes ao dia

DEET INFANTIL 6-9%: duração de 4-6 horas, aplicar até três vezes ao dia

IR3535: duração de até 4 horas, aplicar até três vezes ao dia

REPELENTES PARA ADULTOS, IDOSOS E GESTANTES:

ICARIDINA 20 - 25%: duração de 10 horas, aplicar até três vezes ao dia

DEET 10 -15%: duração de 6-8 horas, aplicar até três vezes ao dia

IR3535: duração de até 4 horas, aplicar até três vezes ao dia

Veja  6 indicações de repelentes:

Repelente Spray Exposis Extrême Adulto e Infantil 100ml

Com 25% de icaridina. Até 10h de proteção diária. Pode ser usado a partir dos 2 anos de idade.

R$53,79 (Droga Raia)

Repelente JOHNSON'S Baby Loção Antimosquito 200ml

Com IR3535, a partir dos 6 meses de idade, até 4 horas de proteção.

R$59,39 (Drogasil)

Repelente Super Repelex Family Care Aerosol 200ml

Com Deet. A partir dos 6 meses de idade. Proteção prolongada. 

R$25,79 (Droga Raia)

Repelente Loção SBP Advanced Loção 175ml

Com icaridina. Proteção por até 5 horas. A partir de 6 meses.

R$ 30,39 (Drogasil)

Repelente de Insetos Off! Active Loção 100ml

Com Deet. Uso a partir dos 12 anos de idade. Proteção por até 10 horas. 

R$21,59 (Drogasil)

Repelente Granado Bebê Peles Sensíveis 110ml

Com icaridina. Proteção por até 6 horas. Uso a partir dos 6 meses de idade. Livre de parabenos e não testado em animais.

R$33,90 (Drogaria São Paulo)