Estudante é agredida com socos após discussão dentro de sala de aula em Salvador

O vídeo, que circula nas redes sociais, foi gravado por uma estudante e viralizou na internet

Publicado em 30 de novembro de 2023 às 10:23

Estudante é agredida com socos após discussão dentro de sala de aula em Salvador
Estudante é agredida com socos após discussão dentro de sala de aula em Salvador Crédito: Reprodução

Uma briga entre dois estudantes da rede estadual, um rapaz de 20 anos e uma jovem de 18, em Salvador, foi parar na delegacia manhã de quarta-feira (29) e viralizou na internet. As imagens mostram o momento em que a estudante é agredida com socos dentro da sala de aula de uma escola da rede estadual, no bairro da Liberdade.

O vídeo, que circula nas redes sociais, foi gravado por uma estudante. A jovem, que está sentada sobre da carteira utilizada pelo rapaz, discute com ele. Um funcionário da escola pede que os alunos envolvidos na discussão o acompanhem até a direção.

Ao levantar da carteira, a jovem é agredida com socos pelo estudante. Alguns colegas e até mesmo o funcionário da escola tentam separar a briga. 

Policiais militares do  Batalhão de Policiamento Escolar foram acionados para conter a discussão. Os dois foram conduzidos para 2ª Delegacia Territorial.  Segundo a Polícia Civil, uma ocorrência de lesão corporal culposa foi registrada na  delegacia, e guias para exames de lesões devem ser expedidas. A polícia também fará oitivas para esclarecer o caso.

No Twitter, uma estudante comentou que a jovem teria perdido um dente na agressão. A informação não foi confirmada.

Em nota, a Secretaria de Educação do estado informou que a direção da unidade escolar ouviu os dois estudantes e, "seguindo o protocolo, acionou a Ronda Escolar, que os conduziu para a delegacia". Os familiares dos dois estudantes também foram acionados pela gestão escolar.

"O colégio ressalta que desenvolve projetos pedagógicos, durante todo o ano letivo, com o objetivo de estimular o diálogo, a escuta, o respeito, a inclusão em toda a comunidade escolar", informou a secretaria.