Famílias que usarem restaurante popular em Águas Claras receberão acompanhamento social

450 refeições serão servidas diariamente no local

  • Foto do(a) author(a) Gilberto Barbosa
  • Gilberto Barbosa

Publicado em 18 de março de 2024 às 14:52

Restaurante Popular foi inaugurado nesta segunda-feira (18)
Restaurante Popular foi inaugurado nesta segunda-feira (18) Crédito: Betto Jr./Secom PMS

Para ir ao trabalho, o técnico de informática, Candai Carneiro, 25, passa todos os dias pela Estrada do Matadouro. Ele foi um dos primeiros a entrar no novo Restaurante Popular de Águas Claras, inaugurado nesta segunda-feira (18). Ele conta que pretende usar o restaurante como um meio de facilitar a sua rotina.

"Eu almoço em casa e geralmente saio com o horário apertado. O meu trabalho começa às 13h00, eu posso vir aqui mais cedo, almoçar e seguir para a empresa", afimou.

Serão servidas 450 refeições gratuitas por dia no local, que será aberto para o almoço. Segundo o prefeito de Salvador, Bruno Reis, as famílias que usarem o restaurante serão acompanhadas pelo Centro de Referência da Assitência Social (CRAS).

"Eles vão receber todo acompanhamento psicossocial, além de cursos profissionalizantes, onde poderão se capacitar para que depois, através da intermediação de mão de obra, sejam inseridas no mercado de trabalho e garantir a sua autonomia", afirmou.

O equipamento é o quinto restaurante popular de Salvador. Atualmente, estão operando os restaurantes de São Tomé de Paripe e Pau da Lima, administrados pela prefeitura, além do Comércio e da Liberdade, construídos pelo Governo do Estado.

"A escolha dos locais foi feita com base no índice de insegurança alimentar, a quantidade de famílias que vivem em vulnerabilidade social e o índice de desenvolvimento urbano da região, somada a grande concentração populacional", declarou Bruno Reis

Outros sete restaurantes estão previstos no projeto, que serão localizados em bairros como Periperi, Valéria e São Cristóvão. A expectativa é de servir cerca de 4400 refeições diárias no total.

*Com orientação da chefe de reportagem Perla Ribeiro