VEJA VÍDEO

Homem viraliza após ‘surfar’ em ruas alagadas de Salvador: 'Total maluquice'

Conhecido como Nick, surfista reclama que se ralou no asfalto e está com medo de pegar doença

  • Foto do(a) author(a) Esther Morais
  • Esther Morais

Publicado em 9 de abril de 2024 às 11:08

Surfista em alagamento de Salvador
Surfista em alagamento de Salvador Crédito: Reprodução / Sidnei Santos

Já ouviu dizer que o baiano não tem limite quando o assunto é meme? Pois bem. O surfista Sidnei Santos, conhecido como Nick, viralizou nas redes sociais após publicar nas suas redes sociais um vídeo 'surfando' nas ruas alagadas de Salvador. O vídeo mostra o homem em cima de uma prancha de surfe e 'pegando onda' em um alagamento no Largo do Papagaio, na Ribeira, após a capital baiana registrar diversas ocorrências de alagamento por causa do temporal de segunda-feira (8). 

"Vendo a cidade alagar, como sempre, pensei em produzir uns vídeos 'surfando nos alagamentos'. Aí meus amigos, malucos como eu, toparam a ideia. Meu amigo me ligou pela tarde, o tempo tava meio fechado. Ele veio me buscar, levei a prancha, botei o material lá. Fiquei com medo de pegar doença, me machucar, dar errado. Mesmo assim a gente foi e fez a diversão. Foi uma total maluquice", conta. 

A diversão, no entanto, terminou em preocupação. Nick disse que está com ferimentos porque se ralou no asfalto e está com medo de pegar alguma doença. "Apesar de no video parecer divertido, é uma brincadeira perigosa", afirma. Ele diz que ainda nesta terça-feira (9) vai à farmácia para comprar remédio contra verme. 

Nos comentários do vídeo que viralizou, alguns seguidores aproveitaram para entrar na brincadeira, enquanto outros fizeram um alerta sobre os perigos. “Limite? Pra que limites? Esse Redbull [em uma das imagens, o surfista bebe enquanto está na prancha] sabor leptospirose edição limitada, poucos tiveram acesso”, comenta um. “Eu: só acredito vendo. Eu vendo: não acredito”, disse outro.

"Ali o perigo e a brincadeira andaram lado a lado. Fiquei muito ofegante, cansado e tava com muito medo", desabafa o surfista. 

Vale ressaltar que, em período de chuva, chegam também doenças como leptospirose, diarreias, hepatites A e E, tétano e dengue. Por isso, os especialistas recomendam que deve-se evitar entrar em contato com a água. Se for inevitável, a orientação é usar botas e luvas, ou sacos plásticos amarrados para proteger os pés e as mãos.

Em caso de febre alta, calafrios, dor no corpo e diarreia, é importante procurar uma unidade de saúde.