Motorista que atropelou e matou três amigos na Bahia é ouvido e liberado pela polícia

Grupo morreu após ser atingido pelo carro em alta velocidade; homem responderá a um inquérito policial

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 5 de março de 2024 às 14:32

Amigos morreram atropelados
Amigos morreram atropelados Crédito: Reprodução

O motorista investigado por atropelar e matar três amigos na BA-667, em Santa Cruz da Vitória, no Sul da Bahia, se apresentou em uma unidade policial, foi ouvido e liberado. Ele - que não teve a identidade revelada - responderá a um inquérito policial. As informações são da Polícia Civil. O caso é apurado pela 6ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Itabuna).

A suspeita é de que o homem teria agido porque levou um 'fora' de uma das vítimas. O crime aconteceu na madrugada de domingo (3), depois de uma festa 'vaquejada', onde estavam todos - tanto o motorista quanto as vítimas. 

Depois disso, o grupo de amigos  saiu caminhando a pé pela rodovia, quando o carro com o suspeito veio em alta velocidade e atropelou o grupo. Em seguida, ele fugiu sem prestar socorro. Os corpos de dois jovens que morreram foram sepultados na segunda-feira (4).

A polícia ainda informou que foram expedidas as guias para o trabalho do Departamento de Polícia Técnica no local do atropelamento que matou os jovens.

As vítimas foram identificadas como Diane Novais Santos, de 25 anos, Luiz Carlos Barboza Santos, de 19, e Wesley da Silva Santos, de 22 anos. Outra pessoa foi atingida pelo carro e socorrida a uma unidade de saúde da região.