LAVAGEM DE DINHEIRO

Grupo criminoso do Rio é alvo de operação policial no interior da Bahia

Mandados judiciais foram cumpridos contra suspeitos

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 17 de maio de 2024 às 07:55

Ação policial  em Guanambi
Ação policial em Guanambi Crédito: Ascom PC

A Polícia Civil da Bahia cumpriu mandados de busca e apreensão, em residências e em um estabelecimento comercial, no município de Guanambi, no centro sul baiano, na quinta-feira (16), contra suspeitos de integrar um grupo criminoso do Rio de Janeiro. A quadrilha é investigada por lavagem de dinheiro, oriundo do roubo de veículos cometidos por traficantes integrantes da organização.

As ações realizadas em Guanambi resultaram na apreensão de dois veículos, sete aparelhos celulares, dois notebooks, dois computadores, cinco folhas de cheque em branco, sete HD's, um pendrive e a quantia de R$ 9.800, em espécie, localizados em três residências e em um estabelecimento comercial dos suspeitos.

De acordo com as investigações da Polícia Civil carioca, a lavagem de dinheiro movimentou mais de 30 milhões em um ano, gerando forte impacto nos índices de furtos e roubos de veículos no Rio de Janeiro, para onde os materiais apreendidos foram encaminhados. As investigações têm continuidade no estado.

Participaram das ações as equipes do Departamento Especializado de Investigação e Repressão ao Narcotráfico (Denarc), da 8ª Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) e equipes do Departamento de Repressão e Combate à Corrupção, ao Crime Organizado e a Lavagem de Dinheiro (Draco), de Vitória da Conquista, e do Departamento de Polícia do Interior (Depin), por meio da 22ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Guanambi).