Após ofensiva terrestre, número de mortos em Gaza ultrapassa os 500

Blecautes são constantes na região; água começa a faltar

Publicado em 4 de janeiro de 2009 às 22:54

- Atualizado há 9 meses

As forças israelenses avançam no território palestino e cercaram a cidade de Gaza neste domingo (4), depois do início da ofensiva terrestre no sábado. Os tanques de Israel tomaram posição dos dois lados da faixa de Gaza, divindo o território em dois, da passagem de Karni até o Mar Mediterrâneo. Também foi cercada a cidade de Beit Hanoun. Os ataques já duram nove dias.

A cidade de Beit Lahia também foi bombardeada(Foto: Patrick Baz)

Segundo Israel, o objetivo da operação é impedir que o grupo extremista palestino Hamas, que atualmente controla a faixa de Gaza, continue a atacar o território israelense. Já o Hamas diz que quem rompeu o cessar-fogo foi Israel.

Na capital francesa, manifestantes apoiam Israel(Foto: Olivier Laban-Mattei)

O Ministério da Saúde palestino divulgou que 509 palestinos, grande parte de civis, morreram desde o início dos ataques israelenses. Outros 2,5 mil ficaram feridas.

Na noite deste domingo, blecautes deixaram boa parte da gaixa de Gaza na escuridão. Visíveis somente luzes de explosões. O som de tiros também é regular na área. A entrada de jornalistas estrangeiros na faixa de Gaza está sendo impedida por Israel.

No Líbano, crianças protestam contra ataques a Gaza(Foto: Ramzih Aidar)

Veja também: