Bebê que nasceu sem parte do cérebro surpreende ao dizer primeiras palavras; assista

Em um vídeo publicado pelos pais do menino em sua página do Facebook, o pequeno diz "hello" (olá, em inglês) para os pais

Publicado em 7 de outubro de 2015 às 09:57

- Atualizado há 10 meses

O pequeno Jaxon Buell, que comemorou um ano após os pais terem ouvido que ele nasceria morto, tornou a surpreender as expectativas médicas. O americano, que nasceu sem parte do cérebro por conta de uma severa má-formação no órgão, está aprendendo a falar.Bebê que nasceu sem parte do cérebro surpreende ao dizer primeiras palavras; assista(Foto: Reprodução/Facebook)Em vídeo publicado pelos pais do menino em sua página do Facebook, o pequeno diz "hello" (olá, em inglês) para os pais, que conversam com ele. "Você não pode nossas expressões de choque e felicidade, mas nós estamos muito orgulhosos de poder testemunhar Jaxon falando novamente", escreveu a mãe do menino, a americana Brittany Buell. 

Jaxon says "Hello" to Germany to the kids that drew him pictures!!!! You can't see our shocked and happy expressions...

Posted by Jaxon Strong on Sexta, 2 de outubro de 2015

Assista abaixo ao vídeo em que Jax fala "hello":

Relembre o casoJax já nasceu lutando contra as adversidades. Durante a gravidez, os pais do pequeno descobriram que ele sofre da doença microhydranencephaly, uma severa má-formação no cérebro que não tem cura, durante um exame do pré-natal.

"Com 17 semanas de gravidez, fizemos um ultrassom e percebemos que alguma coisa ia mal quando o técnico que fazia o exame ficou muito quieto”, disse ol pai do pequeno Jaxon, Brandon Buell, 30 anos, em entrevista ao Daily Mail. Mesmo tristes com a notícia, o casal decidiu levar a gravidez em frente.

"Estava realizando o sonho de ter um filho e de repente descubro que meu filho poderia nascer morto", relembrou a mãe do menino, Brittany, 27 anos. "Quem somos nós para decidir? Nós recebemos um filho, recebemos uma chance e temos que ser a voz dele", disse Brandon. A doença foi descoberta durante a gravidez, durante um exame do pré-natal, e não tem cura(Foto: Reprodução/Facebook)A expectativa era de que Jaxon não sobrevivesse por muito tempo, se ao menos nascesse vivo, mas o menino contraria estatísticas e comemorou recentemente o seu primeiro ano de vida. Colegas de trabalho de Brandon criaram uma página arrecadando fundos para ajudar o casal a pagar pelos cuidados que o menino precisa receber.

"Tem sido muito positivo porque, a todo lugar a que vamos, alguém nos para e nos pergunta sobre a nossa história. Muitos o reconhecem pelo apelido, “Jack Strong” [Forte Jack]. Impactamos muita gente”, avaliou a mãe do garotinho.